Fernando Pimenta de ouro chega às 100 medalhas

Neste domingo, o canoísta de Ponte de Lima conquistou a medalha de ouro na prova de k1 5000 na Hungria.

Fernando Pimenta em imagem de arquivo
Foto
Fernando Pimenta em imagem de arquivo LUSA/PAULO NOVAIS

O canoísta Fernando Pimenta chegou neste domingo às 100 medalhas a nível internacional com a conquista de uma medalha de ouro na prova de k1 5000 metros em Szegeb, na Hungria.

Esta é já a terceira medalha de Pimenta nesta taça do mundo. O canoísta de Ponte de Lima tinha também vencido o ouro em K1 1000 e K1 500, em provas realizadas neste sábado.

Nesta Taça do Mundo, a única prova internacional num ano marcado pela pandemia da covid-19, Portugal conquistou sete medalhas: duas conquistadas por Joana Vasconcelos e três por Fernando Pimenta. Na paracanoagem Na paracanoagem, Norberto Mourão conquistou duas medalhas, com o terceiro lugar em VL2 500 metros e a prata na sexta-feira nos 200 metros.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitou os canoístas numa nota publicada no portal da Presidência da República na internet. O chefe de Estado “felicita os canoístas portugueses que participaram na Taça do Mundo de Velocidade, que decorreu em Szeged, na Hungria”. 

“Num ano desportivamente atípico, os desportistas portugueses destacam-se, honram a bandeira nacional, orgulham os portugueses e merecem o reconhecimento do Presidente da República”, lê-se na mesma nota.

Portugal está no sétimo lugar do “medalheiro” da competição, liderada pela Rússia com 17 medalhas de ouro num total de 30 conquistadas.

Sugerir correcção