Torne-se perito

Ministério Público vai acusar inspectores do SEF do homicídio de Ihor Homenyuk. Investigação iliba seguranças

Investigação da Polícia Judiciária conclui que houve crime em co-autoria pelos três inspectores. Não é certo que MP não constitua mais arguidos. PÚBLICO relembra últimas horas de Ihor Homenyuk, com base na investigação.

,Lisboa
Foto
Centro de Instalação Temporária do aeroporto de Lisboa, onde morreu o ucraniano Ricardo Mussa

Mais de seis meses depois da morte do ucraniano Ihor Homenyuk, a Polícia Judiciária não tem dúvidas de que os responsáveis foram os três inspectores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), que estão em prisão domiciliária desde final de Março, indiciados por homicídio qualificado. Concluiu ainda que nenhum dos seguranças que estavam ao serviço no Centro de Instalação Temporária do Aeroporto em Lisboa, onde ocorreu o alegado homicídio, estiveram envolvidos.