Trump recusa comprometer-se com transição pacífica de poder nos Estados Unidos

Presidente norte-americano sempre disse que vai esperar pelo acto eleitoral para decidir se aceita o resultado, mas esta é a primeira vez que não afasta a hipótese de uma transição violenta, algo que nunca aconteceu na história moderna do país. Líder do Senado, o republicano Mitch McConnell, tentou tranquilizar o país ao dizer que “o vencedor das eleições de 3 de Novembro tomará posse a 20 de Janeiro”.

Donald Trump continua a afirmar, sem provas, que há fraude no envio de boletins de voto por correspondência
Foto
Donald Trump continua a afirmar, sem provas, que há fraude no envio de boletins de voto por correspondência Reuters/TOM BRENNER

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recusou garantir que vai contribuir para uma transição pacífica de poder, se for derrotado nas próximas eleições presidenciais. A posição, nunca transmitida por outro Presidente norte-americano na história moderna do país, pode aprofundar as divisões a apenas seis semanas das eleições.