Apesar da repressão de sábado, dezenas de milhares de pessoas voltaram às ruas de Minsk

Hackers divulgaram dados de mais de mil polícias em retaliação pela detenção de 390 mulheres no sábado. Polícia voltou a reprimir protestos no domingo, com dezenas de detenções.

protestos,mundo,alexander-lukashenko,russia,bielorrussia,europa,
Fotogaleria
Protestos contra o regime de Lukashenko em Minsk Reuters/TUT.BY
protestos,mundo,alexander-lukashenko,russia,bielorrussia,europa,
Fotogaleria
Reuters/TUT.BY
protestos,mundo,alexander-lukashenko,russia,bielorrussia,europa,
Fotogaleria
Reuters/TUT.BY
protestos,mundo,alexander-lukashenko,russia,bielorrussia,europa,
Fotogaleria
Polícia voltou a deter manifestantes Reuters/TUT.BY

Dezenas de milhares de manifestantes voltaram a sair às ruas de Minsk, na Bielorrússia, para exigir a saída de Aleksander Lukashenko do poder. Foi o sexto domingo consecutivo de grandes manifestações contra o autocrata que governa o país há 26 anos e que em Agosto se declarou vencedor, com 80% dos votos, de umas eleições presidenciais consideradas fraudulentas pela oposição, União Europeia e Estados Unidos.