Transportes públicos vão andar a 100% e avaliar se será suficiente

Empresas de transporte garantem disponibilizar 100% da oferta aos passageiros neste regresso às aulas e ao trabalho presencial. Áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto admitem ainda ter de ir além disso para garantir que os dois terços da capacidade exigidos pelas autoridades de saúde estão a ser cumpridos. Com a procura ainda longe da registada no ano passado, as empresas privadas vêem-se a braços com o aumento da despesa, sem receitas imediatas.

porto,lisboa,cp,stcp,governo,transportes,
Fotogaleria
porto,lisboa,cp,stcp,governo,transportes,
Fotogaleria
porto,lisboa,cp,stcp,governo,transportes,
Fotogaleria
porto,lisboa,cp,stcp,governo,transportes,
Fotogaleria
porto,lisboa,cp,stcp,governo,transportes,
Fotogaleria
,Transporte público
Fotogaleria
,Carro de passageiros
Fotogaleria
Transporte público
Fotogaleria
porto,lisboa,cp,stcp,governo,transportes,
Fotogaleria

Pouco passa das 7h da manhã e Ângela Serra aguarda a carreira 160 da Vimeca junto à estação de comboios do Cacém, Sintra. Pouco antes, passara um autocarro completamente lotado. A situação, assume a passageira de 62 anos, é mais frequente do que o que seria desejável. “A 149 às vezes vai muito cheia.”

Sugerir correcção