Fernando Santos e a condição de Ronaldo: “Só joga se tiver disponibilidade total”

Seleccionador nacional vai esperar pelo último treino para saber se CR7 está apto para defrontar nesta terça-feira a Suécia em Estocolmo.

Fernando Santos, seleccionador nacional
Foto
Fernando Santos, seleccionador nacional LUSA/JOSE COELHO

Não é um dado adquirido que Cristiano Ronaldo defronte nesta terça-feira a Suécia em Estocolmo num jogo a contar para a Liga das Nações. Quem o diz é Fernando Santos, seleccionador nacional, que vai esperar pela resposta do jogador no treino desta tarde para avaliar a condição do capitão da selecção portuguesa.

“Ontem, fez 25 minutos de treino e sentiu-se razoavelmente bem. Vamos ver hoje e tomaremos a decisão. Só joga se me apresentar condições no treino e disponibilidade total. Se isso não acontecer, não entra nas contas da equipa”, referiu Fernando Santos, revelando que “a infecção está praticamente debelada”. “Se se sentir bem, se estiver apto, a titularidade é uma forte possibilidade”, acrescentou.

A selecção portuguesa lidou bem com a ausência de Ronaldo frente à Croácia (vitória por 4-1 no Dragão), o que é sinal de que não há “Ronaldodependência”. “Montamos a equipa com uma estratégia. Não trabalhamos para o Cristiano Ronaldo. Trabalhamos todos em conjunto para ganhar e o Ronaldo faz parte da estratégia. Se estiver apto, significa que o melhor do mundo joga na selecção portuguesa. Quando não conta com Ronaldo, Portugal continua a ser uma grande equipa e com qualidade para lutar pela vitória em todos os jogos”, frisou o seleccionador português.

E quando se fala da ausência de Ronaldo, a questão da renovação da selecção também entra na ordem do dia. Fernando Santos responde o que sempre tem respondido: a idade nunca será um critério para as suas escolhas. “A renovação não tem a ver com a idade. O único critério é a qualidade, nem sempre tem a ver com a idade, há uns que estão em melhor forma do que outros. Obviamente que vamos tendo cada vez mais jogadores em que vamos reconhecendo qualidade”, referiu o seleccionador.

Com ou sem Ronaldo, a selecção portuguesa irá cumprir nesta terça-feira o seu segundo jogo no Grupo 3 da Liga das Nações A e Fernando Santos admite que pode haver mudanças do jogo com os croatas para o confronto com os nórdicos. “Vamos ver. Há jogadores que recuperam melhor que outros. Hoje é que vamos perceber como é que eles estão, vamos ver como se sentem e olhar para a cara deles. Tenho um grupo em que confio. Se não estiverem bem, mais vale ter essa honestidade”, referiu Fernando Santos.

Sobre a questão das substituições, Fernando Santos admitiu que preferia ter a possibilidade de fazer cinco, como aconteceu no futebol pós-confinamento, e não apenas as três que são autorizadas nesta Liga das Nações: “Nesta fase, há um conjunto de factors que não permite que os jogadores estejam ao mais alto nível e acho que seria bom haver mais substituições, mas vamos ter de respeitar.”

Sugerir correcção