PCP continua a vender bilhetes para a Festa do Avante! mesmo que as pessoas não possam entrar

A organização do evento comunista admite que as vendas ultrapassem a lotação máxima para o recinto, mas garante que essa lotação será cumprida. Muitos bilhetes são comprados como “gesto de apoio”, ou seja, para ajudar financeiramente o PCP.

Avante! Festival
Foto
A Festa tem capacidade para 100 mil pessoas, mas este ano a lotação não pode ultrapassar as 17 mil Rui Gaudêncio

A três dias do arranque da Festa do Avante!  e depois de a Direcção-Geral da Saúde (DGS) ter imposto como lotação máxima a presença simultânea de 16.563 pessoas no recinto da Quinta da Atalaia, no Seixal, o PCP não esclarece quantos bilhetes já vendeu, mas revela que continua a vender entradas para o evento. Questionado pelo PÚBLICO, o PCP, através do seu gabinete de comunicação, admite que o número de vendas seja superior ao número de visitantes, uma vez que parte das entradas permanentes (EP) que estão a ser vendidas desde o último ano correspondem a “gestos de apoio”, formas de apoio financeiro para a realização do evento e não necessariamente à compra de entradas para o festival. O partido prefere não se comprometer com um número de entradas vendidas, mas garante que a lotação imposta pela DGS será respeitada.