Concertos, comícios e campismo: o que muda na Festa do Avante!

Inicialmente, o PCP não previa reduzir a lotação total de 100 mil visitantes para a Festa do Avante!. Esta segunda-feira passou a menos de 17 mil. Mas há mais mudanças.

coronavirus,direccaogeral-saude,festa-avante,saude,politica,pcp,
Foto
A Festa arranca na próxima sexta-feira Paulo Pimenta

Depois de um ziguezague entre a Direcção-Geral da Saúde e a organização da Festa do Avante! foram conhecidas esta segunda-feira as normas de segurança que orientarão o festival comunista no próximo fim-de-semana. Mais área útil e menos liberdade de circulação são as novidades do evento, que não irá impor o uso obrigatório de máscara à excepção de pontos de venda e acesso a serviços, nomeadamente casas de banho. O campismo também terá limitações, mas ainda não são conhecidas. O Espaço Criança e as actividades desportivas são duas das ausências desta 44.ª edição. O PÚBLICO reuniu as principais diferenças que os visitantes podem esperar.