Mosteiro quer abrir-se à cidade com uma residência de estudantes, um conservatório e um parque urbano

Câmara de Odivelas está a ultimar o projecto de reconversão do edifício. Quando aprovadas, obras deverão estar concluídas em três anos.

Foto
A pedra da cabeceira da igreja foi limpa por dentro e por fora Daniel Rocha

O restauro do túmulo de D. Dinis e o estudo que lhe está associado são duas das âncoras da revitalização do Mosteiro de São Dinis e São Bernardo de Odivelas, monumento nacional que em 2019 passou para a tutela da Câmara Municipal de Odivelas (CMO), depois de ter estado na esfera da Defesa. 

Sugerir correcção