Governo e PCP separados por 1900 milhões de euros no reforço do SNS

Os comunistas apresentaram 53 propostas de alteração ao Orçamento Suplementar. Entre elas está a criação de uma taxa especial sobre transações para offshores que o partido estima poder render cerca de mil milhões de euros.

orcamento-suplementar,politica,
Foto
Nuno Ferreira Santos

O PCP apresentou 53 propostas de alteração ao Orçamento Suplementar, uma das quais prevê um reforço do Orçamento do Serviço Nacional de Saúde (SNS) estimado pelo partido em cerca de 2400 milhões de euros, face ao Orçamento em vigor. No Suplementar, o Governo prevê um aumento do Orçamento do SNS de 500 milhões de euros.