Pares do Ímpar

Deixar entrar a Art Déco em casa

O Homes in Colour faz parte dos Pares do Ímpar e foi criado, em 2014, por Sofia Sustelo que acredita ter como missão “inspirar um estilo de vida mais criativo, estético e poético”.

paris,consumo,decoracao,shopping,design,ambiente,
Foto
Flamingo Cocktail

Ultimamente, tenho reparado que a influência da Art Déco está bastante presente em muitos dos projectos de que mais gosto, sigo e me inspiram. Numa linha mais depurada e simples que a original, a estética peculiar deste estilo de origem francesa tem sido fonte de inspiração para projectos de interiores um pouco por todo o mundo, assim como de acessórios para a casa, e foi inclusive anunciada no início deste ano como outra das tendências fortes para 2020.

PÚBLICO -
Urban Outfitters/Mural Wallpapers
PÚBLICO - Quarto do Hotel Panache, Paris
Quarto do Hotel Panache, Paris DR
Fotogaleria
Urban Outfitters/Mural Wallpapers

Para quem não está tão familiarizado, Art Déco é um termo de origem francesa que se refere a um estilo artístico de âmbito internacional com origem na Europa no início do século XX. Teve o seu apogeu na década de 1920 e foi transversal a várias artes, desde as visuais ao design de moda, passando pelo design de interiores, mobiliário e arquitectura. O nome é uma abreviação de Artes Decorativas, proveniente da Exposition Internationale des Arts Décoratifs et Industriels Modernes, realizada em Paris em 1925.

PÚBLICO -
Foto
Pinterest

Essencialmente decorativa, a Art Déco representava na época o luxo, o glamour, a modernidade e a fé no progresso social e tecnológico. A sua estética visualmente rica e apelativa era marcada pelas simetrias, pela profusão de formas geométricas, pela utilização de padrões abstractos de larga escala, pelas silhuetas arredondadas, pelos espelhos, pelos dourados, cromados, mármores, superfícies lacadas, materiais exóticos, entre outros.

PÚBLICO -
Foto
Dorothee Meilichzon

Hoje em dia, aprecio-a essencialmente nas suas vertentes mais soft e depurada, e a verdade é que há qualquer coisa na simetria, geometria e repetição que dá ordem, estrutura e calma aos espaços. Para além de um toque de requinte e elegância.

Podemos encontrar esta influência em projcetos, um pouco por todo o mundo, desde hotéis a pequenos cafés, em fusão com outros elementos e estilos. É o caso, por exemplo, do bonito The Calile Hotel, Austrália, do Hotel Panache, em Paris.

PÚBLICO -
Ilaria Fatone
PÚBLICO -
Ilaria Fatone
PÚBLICO -
Ilaria Fatone
Fotogaleria
Ilaria Fatone

Além das geometrias, dos espelhos redondos e de candeeiros esféricos em vidro, é também muito utilizado em ambientes de inspiração Art Déco mobiliário curvilíneo de grandes dimensões e formas simples, que também é característico daquela época. Vemos muitas vezes sofás com grandes braços estofados, cadeiras de costas arredondadas, poltronas curvas e aveludadas, poufs e mesas que seguem essa estética e movimento.

PÚBLICO -
Foto
DR

Nas nossas casas também podemos introduzir um pouco deste espírito retro através da utilização de algumas peças com características semelhantes, que já conseguimos encontrar tanto em lojas físicas como online. Desde espelhos, a papel da parede, passando por cabeceiras de cama, peças de mobiliário, etc.. Podemos conjugá-las com as que já temos e criar um estilo mais rico e verdadeiramente ecléctico.

PÚBLICO - Cama da Anthropologie (à esquerda) e papel de parede "Zelda" da Murals Wallpaper
Cama da Anthropologie (à esquerda) e papel de parede "Zelda" da Murals Wallpaper DR
PÚBLICO - Estante (à esquerda) da Crate&Kids e espelhos semi-redondos (à direita)
Estante (à esquerda) da Crate&Kids e espelhos semi-redondos (à direita) Pinterest
Fotogaleria
DR

Homes in Colour by Sofia Sustelo ​é um parceiro do Pares do Ímpar. Os conteúdos publicados são da responsabilidade da autora. Pares do Ímpar é um projecto de parceria entre o PÚBLICO e criadores independentes de conteúdos em áreas especializadas, complementares ao alinhamento editorial do Ímpar.

Sugerir correcção