covid19,coronavirus,base-dados,ciencia-tecnologia,saude,ciencia,
Craig Lassig/REUTERS

Quais as bandeiras vermelhas do estudo sobre a hidroxicloroquina na Lancet?

Professor do Instituto Superior Técnico explica ao PÚBLICO que sinais vermelhos encontra no estudo publicado na revista The Lancet sobre a hidroxicloroquina que levantou suspeitas de fraude. Autor principal do artigo científico pede desculpa por não ter garantido que a fonte dos dados era apropriada.

Não tardou até que a comunidade científica levantasse questões sobre o estudo publicado, a 22 de Maio, pela prestigiada revista The Lancet sobre a hidroxicloroquina. A fiabilidade dos dados analisados no estudo, fornecidos pela Surgisphere (que se apresenta como uma empresa de análise de dados em saúde com sede nos Estados Unidos), foi posta em causa e vários meios de comunicação e especialistas começaram a investigar a própria empresa, ao passo que iam surgindo cada vez mais incongruências, levantando-se suspeitas de que tudo não terá passado de uma fraude.