Saudar o mundo e descobrir o Outro através da fotografia

Pele amarga, de Cristóbal Hara, é uma viagem ao último meio século da história de Espanha. Para ver no Espaço SP620, uma nova galeria de fotografia no Porto, aventura de um espanhol em permanente trânsito ibérico.

exposicao,artes,culturaipsilon,livros,porto,espanha,
Fotogaleria
Cristóbal Hara
exposicao,artes,culturaipsilon,livros,porto,espanha,
Fotogaleria
Cristóbal Hara
exposicao,artes,culturaipsilon,livros,porto,espanha,
Fotogaleria
Cristóbal Hara
exposicao,artes,culturaipsilon,livros,porto,espanha,
Fotogaleria
Cristóbal Hara
,Fotografia
Fotogaleria
Cristóbal Hara
,Fotografia
Fotogaleria
Cristóbal Hara
,Fotografia
Fotogaleria
Cristóbal Hara
exposicao,artes,culturaipsilon,livros,porto,espanha,
Fotogaleria
Cristóbal Hara
Fotografia
Fotogaleria
Cristóbal Hara
exposicao,artes,culturaipsilon,livros,porto,espanha,
Fotogaleria
Cristóbal Hara
,Capital Europeia da Cultura
Fotogaleria
Pablo Berástegui DR

No início da década de 1990, com vinte e poucos anos, um jovem espanhol nascido em Navarra (Pamplona, 1968), Pablo Berástegui Lozano, decide fazer “sozinho, de mochila às costas, uma viagem iniciática” ao país vizinho a oeste. Entra pelo sul, o Algarve, sobe o Alentejo e pára em Lisboa.