São precisos 384 milhões por ano para combater a pobreza energética

Estratégia de longo prazo para a renovação dos edifícios estima necessidade de investimentos de 7,67 mil milhões de euros até 2040 só para melhorar conforto térmico nas casas de dois milhões de portugueses em situação vulnerável.

reabilitacao,habitacao-urbanismo,questoes-sociais,economia,ambiente,energia,
Foto
Adriano Miranda

O Governo tem em mãos um instrumento que calcula, pela primeira vez, o investimento que seria necessário para “apoiar de forma considerável a mitigação da pobreza energética em Portugal”.