Supertaça Cândido de Oliveira deixa de ter prolongamento

A final da Taça de Portugal também terá cinco substituições e nove supplentes no banco.

O Benfica venceu a última edição da Supertaça
Foto
O Benfica venceu a última edição da Supertaça Mário Cruz

A Supertaça Cândido de Oliveira vai deixar de ter prolongamento a partir da próxima edição, decidiu nesta quinta-feira a direcção da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Assim, em caso de empate no final dos 90 minutos, o desempate será imediatamente feita através do desempate por grandes penalidades, desaparecendo os 30 minutos suplementares.

Na história da Supertaça apenas por três vezes foi necessário recorrer ao prolongamento e nos três casos apenas se decidiu o vencedor no desempate por grandes penalidades.

Desde que a Supertaça passou a ser disputada em apenas um encontro, apenas em 2014 houve necessidade de recorrer ao prolongamento, com o Benfica a vencer por 3-2, nos penáltis, após um 0-0 no final de 120 minutos.

Ainda a duas mãos e com jogo de desempate, o FC Porto derrotou por duas vezes o Benfica nas grandes penalidades da “negra”, após empates no final do prolongamento, em 1992 e 1994.

A próxima edição da Supertaça Cândido de Oliveira ainda não tem data marcada, devido à suspensão, causada pela covid-19, da I Liga portuguesa de futebol, que recomeça em 3 de Junho, com 10 jornadas por disputar.

Final da Taça de Portugal com cinco substituições

Entretanto, a final da Taça de Portugal, que se vai disputar entre Benfica e FC Porto, também poderá ter cinco substituições por equipa, decidiu hoje a direcção da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

À semelhança do que vai acontecer nas últimas jornadas da I Liga portuguesa, as duas equipas que vão disputar o jogo decisivo da Taça de Portugal também vão poder ter nove jogadores suplentes.

Esta medida, permitida pelo International Board (organização que define as regras do futebol), já foi adoptada por outras ligas, como a alemã, o primeiro dos principais campeonatos europeus a retomar a competição, após a interrupção devido à pandemia de covid-19.

A final da Taça de Portugal ainda não tem data definida nem local para se realizar.

Sugerir correcção