Ou a OMS “entra na linha”, ameaça Trump, ou EUA deixam mesmo de a financiar

Aprovada resolução para investigação à gestão da covid-19 sem oposição, mas EUA continuam a desafiar a Organização Mundial de Saúde, enquanto a China se apresenta como um país que contribui para o bem da comunidade.

Foto
Donald Trump deu um prazo de 30 dias à OMS Reuters/LEAH MILLIS

O Presidente dos EUA, Donald Trump, disse que se a Organização Mundial de Saúde (OMS) não fizer melhorias nos próximos 30 dias, a suspensão de financiamento que decretou em Abril vai tornar-se permanente.