Só duas escolas foram desinfectadas pelas Forças Armadas

Operação das Forças Armadas terá abrangido 537 estabelecimentos escolares para dar formação aos funcionários que vão limpar as escolas. Defesa e Educação frisam que este foi sempre o objectivo principal. Militares vão estar “em estado de prontidão” para acorrerem caso se registem casos de infecção pela covid-19.

Operação de demonstração na Escola Secundária nda Amadora, a 29 de Abril
Foto
Operação de demonstração na Escola Secundária nda Amadora, a 29 de Abril Nuno Ferreira Santos

Das mais de 330 escolas em que as Forças Armadas estiveram até esta quarta-feira para ajudar a preparar o regresso às aulas, “apenas duas foram alvo de operações de desinfecção”, esclareceu o porta-voz do Ministério da Defesa Nacional (MDN), em resposta a perguntas do PÚBLICO.