Áustria põe em marcha aliança de “países inteligentes” a lutar contra a covid-19

Grupo pretende cooperar e estreitar laços enquanto estuda modos de reavivar da economia tentando evitar uma segunda vaga de infecções.

,Chanceler
Foto
Sebastian Kurz numa conferência de imprensa sobre a covid-19 em Viena Reuters
  • Os países são todos diferentes mas cada um teve, à sua maneira, estratégias para lidar com a covid-19 que lhes permitiram estar agora num ponto favorável e em condições de voltar a ter a funcionar vários sectores – são países que foram “inteligentes”, como disse o chanceler austríaco, Sebastian Kurz.

Trata-se, além da Áustria, da Austrália, Nova Zelândia, Israel, Dinamarca, República Checa e Grécia, ainda segundo o chanceler austríaco ao apresentar a primeira reunião do grupo, que decorreu no fim-de-semana. Países com uma geografia “muito diferente, mas que são países em geral mais pequenos, inteligentes”, que “como nós reagiram de modo rápido e intensivo e por isso têm saído da crise melhor do que outros”.