Federação assume cancelamento da Liga holandesa

Decisão do Governo inviabiliza prosseguimento do campeonato. Oficialização da anulação da prova prevista para sexta-feira.

Foto
DR

A Liga holandesa 2019-20 já não deverá ser retomada. Essa é, pelo menos, a intenção da federação de futebol dos Países Baixos (KNVB), depois de o Governo ter proibido a realização de grandes eventos públicos até 1 de Setembro.

“Com base na decisão do Governo, a KNVB vai consultar a UEFA e tomar depois uma decisão”, anunciou o organismo, em comunicado, estando prevista para sexta-feira uma reunião entre os clubes da principal Liga para discutirem as consequências do fim antecipado da prova.

Nesse encontro, será também determinado se haverá ou não campeão, como serão atribuídas as vagas nas competições europeias e se haverá promoções e despromoções. 

Depois da suspensão da Eredivisie no mês passado, havia a esperança de retomar a competição, mas a decisão do primeiro-ministro Mark Rutte, tomada com o intuito de conter o surto de covid-19, deita por terra essa expectativa. 

O Ajax lidera a tabela classificativa nesta altura, mas apenas graças à diferença de golos, já que persiste um empate pontual com o AZ Alkmaar, a grande surpresa da prova.

Para além da Liga holandesa, há ainda que decidir o futuro da Taça holandesa, cuja final deveria ser disputada entre Feyenoord e Utrecht.