Feira de vinhos suspensa, os vinhos viram-se para a Internet

Adiamento da feira internacional ProWein leva à criação de feira virtual dos vinhos portugueses online. Objectivo da Portugal Wine Week: não perder futuros negócios. Só ficam a faltar as provas.

,Copo de vinho
Foto
NELSON GARRIDO

À luz do adiamento da feira internacional ProWein, realizada na Alemanha, a equipa que realiza o Adegga Wine Market propõe uma solução radical: trazer o evento para o mundo digital, onde não há risco de contágio com o novo coronavírus. A Portugal Wine Week ocorrerá nos mesmos dias em que a feira alemã deveria ter acontecido, 16 e 17 de Março, e contará com uma programação de conversas e apresentações dos novos rótulos com todos os produtores que desejarem ali estar, com moderação de André Ribeirinho. Estas conversas serão transmitidas ao vivo, do Porto e de Lisboa, aos clientes e profissionais registados.

“Nós sentimos o impacto” do adiamento da ProWein, explicou André Ribeirinho, do Adegga, ao PÚBLICO. “A verdade é que muitos produtores dependem desta feira para fazer os seus negócios ao longo do ano. Hoje, através de tecnologias como o streaming, temos a possibilidade de fazer as coisas à distância”, refere. Estavam registados na feira alemã cerca de 350 produtores portugueses, que agora terão a oportunidade de participar no novo evento sem nenhum custo de registo.

A Portugal Wine Week aproveita o nome e a plataforma de um projecto que ainda estava em desenvolvimento, mas que já tinha o mote da divulgação dos vinhos portugueses fora de Portugal. A conferência será transmitida no site (portugalwineweek.com), no Facebook e no Youtube da empresa. Com o streaming em directo é possível “organizar um evento para os produtores apresentarem os seus vinhos e as pessoas todas, que no fundo iam visitar [a secção de Portugal na ProWein], o poderem fazer à distância e de qualquer sítio do mundo conhecer as novidades”, completa Ribeirinho.

O que o mundo digital não permite é as essenciais provas de vinhos. Mas uma possível solução é, segundo o responsável, utilizar “os contactos que forem feitos durante e após a Portugal Wine Week para pedir amostras nos casos de estarem interessados”. Para tanto, cada produtor terá uma página individual com as informações relevantes e onde poderão ser contactados para fechar o ciclo de vendas da feira virtual. 

Texto editado por Luís J. Santos