Tribunal Constitucional à beira de legalizar novo partido Volt Portugal

O movimento espera conseguir tornar-se partido já nas próximas semanas. Fundador do movimento português lamenta a lentidão do processo.

,Corte Constitucional
Foto
O movimento nasceu em Portugal em Dezembro de 2017 Luís Ruivo/Lusa

O novo partido Volt Portugal (VP), cuja inscrição foi requerida por 8789 cidadãos eleitores em Outubro do ano passado, está mais perto de receber luz verde do Tribunal Constitucional para a sua formalização. O processo já dura há quatro meses e, para os membros do Volt, a expectativa é que esteja concluído antes de Maio, data em que Lisboa recebe o encontro entre as várias representações do partido que existem na Europa. Sem se assumir como um partido de esquerda ou de direita, o movimento apresenta-se como “profundamente europeísta” e quer contrariar os movimentos populistas e nacionalistas que têm crescido no espaço europeu.