Ímpar

Coronavírus. A doença parou uma cidade, mas não o amor

Em Hong Kong, um casal não deixa que as máscaras impeçam as manifestações de carinho Tyrone Siu/Reuters
Fotogaleria
Em Hong Kong, um casal não deixa que as máscaras impeçam as manifestações de carinho Tyrone Siu/Reuters

O novo coronavírus, entretanto baptizado de SARS-CoV-2, deixou milhões de pessoas de quarentena na China, que, apesar do isolamento, tentam lidar com o facto com alguma normalidade, e praticamente parou a cidade de Wuhan. Por todo o país, onde já morreram mais de 1700 pessoas, multiplicam-se os esforços de contenção da epidemia e quase não há quem saia à rua sem máscara. Mas, mesmo com metade da cara tapada, o amor insiste em ser mais forte, e, nos dias em torno do Dia dos Namorados, as manifestações de amor saíram à rua.

A florista Zhen Zhen, à esquerda, e a proprietária da loja Jiankun Song preparam ramos de flores para os enamorados na Mulan Blossom, a loja localizada no centro financeiro de Pequim
A florista Zhen Zhen, à esquerda, e a proprietária da loja Jiankun Song preparam ramos de flores para os enamorados na Mulan Blossom, a loja localizada no centro financeiro de Pequim Tingshu Wang/Reuters
Jia, 29 anos, e a mulher Su, de 28, mostram os registos de casamento à porta de uma conservatória de Shanghai
Jia, 29 anos, e a mulher Su, de 28, mostram os registos de casamento à porta de uma conservatória de Shanghai Aly Song/Reuters
As máscaras passaram a fazer parte da troca de carinhos em Hong Kong
As máscaras passaram a fazer parte da troca de carinhos em Hong Kong Tyrone Siu/Reuters
O Jardim Nacional das Orquídeas em Singapura é palco de passeios de namorados
O Jardim Nacional das Orquídeas em Singapura é palco de passeios de namorados Edgar Su/Reuters
Wang, de 32 anos, e a mulher Shi, de 30, exibem os seus certificados de casamento numa conservatória de Shanghai
Wang, de 32 anos, e a mulher Shi, de 30, exibem os seus certificados de casamento numa conservatória de Shanghai Aly Song/Reuters
Um casal passeia na área comercial da Sanlitun, num cenário meio branco-neve, em Pequim
Um casal passeia na área comercial da Sanlitun, num cenário meio branco-neve, em Pequim Tingshu Wang/Reuters
Em Pequim, na Mulan Blossom, nenhum ramo de flores sai da loja sem antes passar por um processo de desinfecção
Em Pequim, na Mulan Blossom, nenhum ramo de flores sai da loja sem antes passar por um processo de desinfecção Tingshu Wang/Reuters
A florista Zhen Zhen, à esquerda, e a proprietária da loja Jiankun Song preparam ramos de flores para os enamorados na Mulan Blossom, a loja localizada no centro financeiro de Pequim
A florista Zhen Zhen, à esquerda, e a proprietária da loja Jiankun Song preparam ramos de flores para os enamorados na Mulan Blossom, a loja localizada no centro financeiro de Pequim Tingshu Wang/Reuters
Um casal optou pelo romance num carrossel
Um casal optou pelo romance num carrossel Tyrone Siu/Reuters
Em Hong Kong, as crianças também celebraram o dia do amor com flores
Em Hong Kong, as crianças também celebraram o dia do amor com flores Tyrone Siu/Reuters
Um homem usa uma máscara de gás enquanto segura num ramo de flores
Um homem usa uma máscara de gás enquanto segura num ramo de flores Tyrone Siu/Reuters
Em Hong Kong, o Dia dos Namorados também é passado à beira-mar
Em Hong Kong, o Dia dos Namorados também é passado à beira-mar Tyrone Siu/Reuters
Um homem usa uma máscara de gás enquanto segura num ramo de flores
Um homem usa uma máscara de gás enquanto segura num ramo de flores Tyrone Siu/Reuters
A neve marcou o Dia dos Namorados em Pequim
A neve marcou o Dia dos Namorados em Pequim Tingshu Wang/Reuters
O número de mortos na China continental pelo novo coronavírus já ultrapassou os 1700 (17/02/2020)
O número de mortos na China continental pelo novo coronavírus já ultrapassou os 1700 (17/02/2020) Tingshu Wang/Reuters
No Jardim Nacional das Orquídeas em Singapura
No Jardim Nacional das Orquídeas em Singapura Edgar Su/Reuters
Em Ayutthaya, na periferia de Banguecoque (Tailândia), os corações e as máscaras fazem parte do dia-a-dia até dos mais novos
Em Ayutthaya, na periferia de Banguecoque (Tailândia), os corações e as máscaras fazem parte do dia-a-dia até dos mais novos Chalinee Thirasupa/Reuters
Em Banguecoque, Tailândia
Em Banguecoque, Tailândia Jorge Silva/Reuters
Jia, 29 anos, e a mulher Su, de 28, deixam as suas impressões digitais numa conservatória de Shanghai por causa do casamento que acabaram de celebrar
Jia, 29 anos, e a mulher Su, de 28, deixam as suas impressões digitais numa conservatória de Shanghai por causa do casamento que acabaram de celebrar Aly Song/Reuters
Em Shanghai, muitos casais de máscaras optaram por se casar no Dia dos Namorados
Em Shanghai, muitos casais de máscaras optaram por se casar no Dia dos Namorados Aly Song/Reuters
Jia, 29 anos, e a mulher Su, de 28, deixam as suas impressões digitais numa conservatória de Shanghai por causa do casamento que acabaram de celebrar
Jia, 29 anos, e a mulher Su, de 28, deixam as suas impressões digitais numa conservatória de Shanghai por causa do casamento que acabaram de celebrar Aly Song/Reuters
Em Hong Kong, um casal tira uma <i>selfie</i> num carrossel
Em Hong Kong, um casal tira uma selfie num carrossel Tyrone Siu/Reuters
Um casal de máscaras escolheu celebrar o Dia dos Namorados de baloiço
Um casal de máscaras escolheu celebrar o Dia dos Namorados de baloiço Tyrone Siu/Reuters
Wang, 32 anos, e a noiva Shi, de 30, compram as alianças de casamento, num centro comercial de Shanghai, China
Wang, 32 anos, e a noiva Shi, de 30, compram as alianças de casamento, num centro comercial de Shanghai, China Aly Song/Reuters
Depois da compra, o casal aproveitou para passear, sem nunca tirar a máscara
Depois da compra, o casal aproveitou para passear, sem nunca tirar a máscara Aly Song/Reuters
Wang, 32 anos, e a noiva Shi, de 30, compram as alianças de casamento, num centro comercial de Shanghai, China
Wang, 32 anos, e a noiva Shi, de 30, compram as alianças de casamento, num centro comercial de Shanghai, China Aly Song/Reuters
Wang, 32 anos, e a noiva Shi, de 30, compram as alianças de casamento, num centro comercial de Shanghai, China
Wang, 32 anos, e a noiva Shi, de 30, compram as alianças de casamento, num centro comercial de Shanghai, China Aly Song/Reuters
Wang, 32 anos, e a noiva Shi, de 30, compram as alianças de casamento, num centro comercial de Shanghai, China
Wang, 32 anos, e a noiva Shi, de 30, compram as alianças de casamento, num centro comercial de Shanghai, China Aly Song/Reuters
Shi e Wang partilham um gelado em Dia dos Namorados
Shi e Wang partilham um gelado em Dia dos Namorados Aly Song/Reuters
Shi e Wang na conservatória
Shi e Wang na conservatória Aly Song/Reuters
O casamento foi celebrado em dia de S. Valentim
O casamento foi celebrado em dia de S. Valentim Aly Song/Reuters
No Jardim Nacional das Orquídeas em Singapura
No Jardim Nacional das Orquídeas em Singapura Edgar Su/Reuters
A florista Zhen Zhen prepara ramos de flores para os enamorados na Mulan Blossom, a loja localizada no centro financeiro de Pequim
A florista Zhen Zhen prepara ramos de flores para os enamorados na Mulan Blossom, a loja localizada no centro financeiro de Pequim Tingshu Wang/Reuters
A florista Zhen Zhen, à esquerda, e a proprietária da loja Jiankun Song preparam ramos de flores para os enamorados na Mulan Blossom, a loja localizada no centro financeiro de Pequim
A florista Zhen Zhen, à esquerda, e a proprietária da loja Jiankun Song preparam ramos de flores para os enamorados na Mulan Blossom, a loja localizada no centro financeiro de Pequim Tingshu Wang/Reuters
Os ramos são entregues após passarem por um processo de desinfecção
Os ramos são entregues após passarem por um processo de desinfecção Tingshu Wang/Reuters
Em Pequim, um casal posa junto à conservatória civil, depois do casamento
Em Pequim, um casal posa junto à conservatória civil, depois do casamento China Daily/Reuters
Em Banguecoque, Tailândia, um homem não resiste à <i>selfie</i> romântica
Em Banguecoque, Tailândia, um homem não resiste à selfie romântica Jorge Silva/Reuters
Em Ayutthaya, na periferia de Banguecoque (Tailândia), os corações e as máscaras fazem parte do dia-a-dia até dos mais novos
Em Ayutthaya, na periferia de Banguecoque (Tailândia), os corações e as máscaras fazem parte do dia-a-dia até dos mais novos Chalinee Thirasupa/Reuters
Em Banguecoque, Tailândia, uma mulher celebra o dia junto a corações expostos
Em Banguecoque, Tailândia, uma mulher celebra o dia junto a corações expostos Jorge Silva/Reuters
Sugerir correcção