Fotografia

Alterações climáticas: as melhores imagens da Reuters são as piores para o ser humano

Pescador José da Cruz, também conhecido por Vampiro, apanha caranguejos no rio Caratingui, em Cairu, estado de Bahia, no Brasil. Hoje pesca metade do que há dez anos. "A natureza está zangada." REUTERS/Nacho Doce
Fotogaleria
Pescador José da Cruz, também conhecido por Vampiro, apanha caranguejos no rio Caratingui, em Cairu, estado de Bahia, no Brasil. Hoje pesca metade do que há dez anos. "A natureza está zangada." REUTERS/Nacho Doce

Implícita em quase todas as imagens consideradas pela Reuters como "as melhores da categoria ambiental de 2019" está a ameaça ao equilíbrio do nosso ecossistema. Fenómenos como a desflorestação da Amazónia, o degelo dos glaciares, a densa poluição atmosférica de grandes metrópoles são bem visíveis nas imagens, assim como pessoas e animais em sofrimento, vítimas de incêndios e cheias de grandes proporções. O mundo está em mudança e as ameaças ao nosso bem-estar multiplicam-se. Estas podem ser as melhores fotografias para a agência noticiosa, mas são as piores para o ser humano.

Uma mulher olha para a cidade de Seul, na Coreia do Sul, a partir de um prédio. A cidade está envolta em smog.
Uma mulher olha para a cidade de Seul, na Coreia do Sul, a partir de um prédio. A cidade está envolta em smog. REUTERS/Kim Hong-Ji
Caçador de lontras Henrik Jasvasson salta para o seu barco após procurar ovos de papagaios-do-mar perto da vila de Tasiilaq, Gronelândia
Caçador de lontras Henrik Jasvasson salta para o seu barco após procurar ovos de papagaios-do-mar perto da vila de Tasiilaq, Gronelândia REUTERS/Lucas Jackson
Trabalhadores retiram neve do interior de um restaurante após uma avalanche no resort da montanha Santis-Schwaegalp, na Suiça
Trabalhadores retiram neve do interior de um restaurante após uma avalanche no resort da montanha Santis-Schwaegalp, na Suiça REUTERS/Arnd Wiegmann
Homem palestiniano lava o seu cavalo nas águas do Mediterrâneo, enquanto pessoas nadam durante um dia de calor na zona norte da Faixa de Gaza
Homem palestiniano lava o seu cavalo nas águas do Mediterrâneo, enquanto pessoas nadam durante um dia de calor na zona norte da Faixa de Gaza REUTERS/Mohammed Salem
Pastor descansa debaixo de uma árvore no terreno de um lago seco, nos arredores de Chennai, na Índia
Pastor descansa debaixo de uma árvore no terreno de um lago seco, nos arredores de Chennai, na Índia REUTERS/P. Ravikumar
Mulher é acossada por gigantes ondas no exterior da sua casa, situada junto ao mar, durante uma subida de maré em Bombaim, Índia
Mulher é acossada por gigantes ondas no exterior da sua casa, situada junto ao mar, durante uma subida de maré em Bombaim, Índia REUTERS/Francis Mascarenhas
Mulher transporta o seu filho num balde após ir buscar água a um tanque municipal, nos arredores de Chennai, Índia
Mulher transporta o seu filho num balde após ir buscar água a um tanque municipal, nos arredores de Chennai, Índia REUTERS/P. Ravikumar
Menino sudanês tenta refrescar-se num canal de irrigação agrícola perto de Khartoum, no Sudão
Menino sudanês tenta refrescar-se num canal de irrigação agrícola perto de Khartoum, no Sudão REUTERS/Umit Bektas
Aldeão sentado sobre um banco no interior de um pneu rema sobre um terreno junto ao rio que foi inundado em sequência de chuvas torrenciais em Longtou, na província Hunan, China
Aldeão sentado sobre um banco no interior de um pneu rema sobre um terreno junto ao rio que foi inundado em sequência de chuvas torrenciais em Longtou, na província Hunan, China Yang Huafeng/CNS
Grupo de indígenas da tribo Mura mostram uma área desflorestada  que está em zona indígena não marcada, dentro da floresta amazónica, perto de Humaita, no estado Amazonas, Brasil
Grupo de indígenas da tribo Mura mostram uma área desflorestada que está em zona indígena não marcada, dentro da floresta amazónica, perto de Humaita, no estado Amazonas, Brasil REUTERS/Ueslei Marcelino
Vista aérea sobre a madeira cortada ilegalmente na floresta amazónica perto de Humaita, no estado Amazonas, Brasil
Vista aérea sobre a madeira cortada ilegalmente na floresta amazónica perto de Humaita, no estado Amazonas, Brasil REUTERS/Ueslei Marcelino
A carcaça de uma vaca está deitada no chão sobre uma área da floresta amazónica que foi devastada por madeireiros, em Porto Velho, Brasil
A carcaça de uma vaca está deitada no chão sobre uma área da floresta amazónica que foi devastada por madeireiros, em Porto Velho, Brasil REUTERS/Ueslei Marcelino
Activista sueca Greta Thunberg, de 16 anos, atravessou o Atlântico a bordo do iate Malizia II. Greta partiu da Europa com o objectivo de estar presente na Cimeira das Nações Unidas e discursar sobre o tema das alterações climáticas
Activista sueca Greta Thunberg, de 16 anos, atravessou o Atlântico a bordo do iate Malizia II. Greta partiu da Europa com o objectivo de estar presente na Cimeira das Nações Unidas e discursar sobre o tema das alterações climáticas REUTERS/Mike Segar
Um tatu, cego devido ao calor intenso de um incêndio (de acordo com o veterinário Jerjes Suarez) caminha pela área de conservação ecológica de Nembi Guasu, onde violentos fogos destruíram muitos hecates de floresta, em Charagua, Bolívia
Um tatu, cego devido ao calor intenso de um incêndio (de acordo com o veterinário Jerjes Suarez) caminha pela área de conservação ecológica de Nembi Guasu, onde violentos fogos destruíram muitos hecates de floresta, em Charagua, Bolívia REUTERS/David Mercado
Rapaz sentado na berma de uma piscina num colonato israelita em Vered Yericho, na Cisjordânia
Rapaz sentado na berma de uma piscina num colonato israelita em Vered Yericho, na Cisjordânia REUTERS/ Ronen Zvulun
Oscar Limachi, 48, é guia turístico no lago Titicaca, Bolívia. Diz que, no lago, são visíveis os efeitos da poluição. "As pessoas deitam lixo e plástico em qualquer lugar, não entendem isso como poluir", explica, referindo que muitas espécies de plantas já desapareceram do lago. "Os peixes costumavam viver, comer e colocar os ovos entre essas plantas. Agora que quase não existem, os peixes também começar a desaparecer. Tememos que um dia eles desapareçam ou migrem para sempre."
Oscar Limachi, 48, é guia turístico no lago Titicaca, Bolívia. Diz que, no lago, são visíveis os efeitos da poluição. "As pessoas deitam lixo e plástico em qualquer lugar, não entendem isso como poluir", explica, referindo que muitas espécies de plantas já desapareceram do lago. "Os peixes costumavam viver, comer e colocar os ovos entre essas plantas. Agora que quase não existem, os peixes também começar a desaparecer. Tememos que um dia eles desapareçam ou migrem para sempre." REUTERS/Manuel Seoane
Um relâmpago sobre o mar, perto de Fort St. Elmo, durante uma tempestade em Valletta, Malta
Um relâmpago sobre o mar, perto de Fort St. Elmo, durante uma tempestade em Valletta, Malta REUTERS/Darrin Zammit
Tromba de água é avistada a partir do barco da ONG alemã Sea-Eye, que se dedica ao salvamento de migrantes no Mar Mediterrâneo
Tromba de água é avistada a partir do barco da ONG alemã Sea-Eye, que se dedica ao salvamento de migrantes no Mar Mediterrâneo REUTERS/Darrin Zammit Lupi
Vista sobre a área desflorestada da Floresta Nacional do Bom Futuro, em Rio Pardo, Brasil
Vista sobre a área desflorestada da Floresta Nacional do Bom Futuro, em Rio Pardo, Brasil REUTERS/Bruno Kelly
Partes do glaciar Gurschengletscher estão cobertas de lonas de conservação perto do Monte Gemsstock, na Suíça
Partes do glaciar Gurschengletscher estão cobertas de lonas de conservação perto do Monte Gemsstock, na Suíça REUTERS/Arnd Wiegmann
Laranjeira é fotografada após um incêndio florestal na vila de Roda, Portugal
Laranjeira é fotografada após um incêndio florestal na vila de Roda, Portugal REUTERS/Rafael Marchante
As árvores são iluminadas por uma chama do campo de petróleo Yarakta, propriedade da Companhia Petrolífera Irkutsk (INK), na região Irkutsk, Rússia
As árvores são iluminadas por uma chama do campo de petróleo Yarakta, propriedade da Companhia Petrolífera Irkutsk (INK), na região Irkutsk, Rússia REUTERS/Vasily Fedosenko
Detrito de plástico é fotografada no fundo o mar, junto à ilha de Andros, na Grécia
Detrito de plástico é fotografada no fundo o mar, junto à ilha de Andros, na Grécia REUTERS/Stelios Misinas
Um macaco-de-cauda-vermelha morto está preso pela cauda de forma a mantê-lo afastado das formigas, perto da cidade de Mbandaka, na República Democrática do Congo
Um macaco-de-cauda-vermelha morto está preso pela cauda de forma a mantê-lo afastado das formigas, perto da cidade de Mbandaka, na República Democrática do Congo REUTERS/Thomas Nicolon
Mulher sentada à porta da sua loja, durante o período de cheias em Veneza, Itália
Mulher sentada à porta da sua loja, durante o período de cheias em Veneza, Itália REUTERS/Manuel Silvestri
Um troço da floresta amazónica arde em consequência de acção de limpeza de madeireiros, em Rio Pardo, Brasil
Um troço da floresta amazónica arde em consequência de acção de limpeza de madeireiros, em Rio Pardo, Brasil REUTERS/Ricardo Moraes
Fotografia do glaciar de Fieschertal tirada na Suíça entre 1860 e 1890 é mostrada no mesmo local, em 2019
Fotografia do glaciar de Fieschertal tirada na Suíça entre 1860 e 1890 é mostrada no mesmo local, em 2019 REUTERS/Denis Balibouse and Library of Congress/Handout
Bombeiro tenta proteger escola de um incêndio, em Sydney, Austrália
Bombeiro tenta proteger escola de um incêndio, em Sydney, Austrália AAP Image/Dean Lewins/via REUTERS
Mulheres hindus adoram o deus Sol nas águas poluidas do rio Yamuna durante um festival religioso em Chhath Puja, Nova Deli
Mulheres hindus adoram o deus Sol nas águas poluidas do rio Yamuna durante um festival religioso em Chhath Puja, Nova Deli REUTERS/Adnan Abidi
Sugerir correcção