Entrevista

Lilian Thuram: “Não nascemos racistas, tornamo-nos racistas”

Entrevista com o antigo futebolista e campeão mundial pela selecção francesa que é uma voz activa na luta contra o racismo.

Fotogaleria
Lilian Thuram,Lilian Thuram Nuno Ferreira Santos,Nuno Ferreira Santos
Lilian Thuram
Fotogaleria
Lilian Thuram tornou-se num activista anti-racista Albert Gea

Foi a partir da sua própria história que Lilian Thuram, campeão mundial pela França em 1998 e jogador mais internacional de sempre dos “bleus” (142 jogos), tomou consciência de que tinha de fazer alguma coisa para combater o racismo que começou a sofrer aos nove anos, quando chegou a Paris vindo de Guadalupe. De regresso a Portugal, a convite do MEMOIRS, um projecto de investigação do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, para várias conferências, o antigo lateral da Juventus e do Barcelona conversou com o PÚBLICO e alertou para a urgência de mais vozes se levantarem contra todos os tipos de discriminação, sobretudo entre aqueles que não são vítimas.