Multimédia

Uma casa feita de garrafas: o trabalho de uma mãe para lidar com a perda do filho

Ivone construiu uma casa com garrafas de vidro, cimento e pouco mais REUTERS
Fotogaleria
Ivone construiu uma casa com garrafas de vidro, cimento e pouco mais REUTERS

São mais de 6 mil garrafas que se transformaram nas paredes que ladeiam um quarto, uma sala, um corredor. A casa que Ivone Martins, agricultora de profissão, começou a construir depois da morte do seu filho já é uma pequena atracção turística numa área rural do Estado de São Paulo, no Brasil. Mas para Ivone é sobretudo uma forma de ultrapassar a morte do filho.

A construção acabou por se tornar num escape e numa forma de viver o luto. Conta com milhares de garrafas que foram descartadas por alguém e aproveitadas por Ivone — a ideia surgiu depois de reparar que grandes quantidades de garrafas de vidro eram "abandonadas" naquela área.

A proprietária de 50 anos está "orgulhosa" do seu trabalho e refere que a técnica não serve só para reduzir os custos que a construção de qualquer habitação comporta, mas também para ajudar o ambiente.

Nos três metros de altura, nove de largura e oito de comprimento foi possível encaixar, para já, um quarto, corredor, cozinha e uma casa-de-banho, mas o trabalho não acaba por aqui: Ivone está a pensar utilizar outros materiais reciclados para construir móveis e decorar a casa.

A mãe solteira começou a construir a casa para ultrapassar a morte do seu filho e uma depressão
A mãe solteira começou a construir a casa para ultrapassar a morte do seu filho e uma depressão REUTERS
Em breve espera poder adicionar outros materiais reciclados à habitação
Em breve espera poder adicionar outros materiais reciclados à habitação REUTERS
A casa fica no Estado de São Paulo, no Brasil
A casa fica no Estado de São Paulo, no Brasil REUTERS
Ivone Martins tem 50 anos e é agricultora
Ivone Martins tem 50 anos e é agricultora REUTERS
As garrafas utilizadas vistas de perto
As garrafas utilizadas vistas de perto REUTERS
Ivone Martins, responsável pela construção da casa, ao fogão
Ivone Martins, responsável pela construção da casa, ao fogão REUTERS
As garrafas que Ivone usou são todas de vidro
As garrafas que Ivone usou são todas de vidro REUTERS
Vista exterior da habitação
Vista exterior da habitação REUTERS
Ivone Martins a terminar uma das paredes
Ivone Martins a terminar uma das paredes REUTERS
Uma das paredes da habitação vista de fora
Uma das paredes da habitação vista de fora REUTERS
A agricultora começou a construir a casa como forma de distracção depois da morte do seu filho
A agricultora começou a construir a casa como forma de distracção depois da morte do seu filho REUTERS
Ivone Martins no interior da sua casa
Ivone Martins no interior da sua casa REUTERS
Sugerir correcção