Entrevista

Como um caso de violação do século XVII ainda ecoa no presente

Em It’s True, It’s True, It’s True, a companhia britânica Breach Theatre recria o julgamento de Agostino Tassi, acusado de ter violado Artemisia Gentileschi, uma das pintoras barrocas mais revolucionárias da sua geração. Quatrocentos anos depois, esta história assustadoramente actual dá início, esta sexta-feira, a mais um programa Uma Família Inglesa da mala voadora.

,mala voadora
Foto
No final da peça, é como se uma das obras de Artemisia Gentileschi, Judite decapitando Holofernes, ganhasse vida DR

It’s true, it’s true, it’s true” são as palavras que a pintora Artemisia Gentileschi (1593-1653), ainda adolescente, repetiu até à exaustão em 1612 enquanto a torturavam num tribunal de Roma, a fim de se provar que estava a dizer a verdade sobre ter sido violada pelo seu professor, Agostino Tassi. Um julgamento em que a vítima acabou transformada em ré e que, passados 400 anos, se vê recriado em palco pela companhia inglesa Breach Theatre, num espectáculo multipremiado que marca, sexta-feira e sábado, o arranque da quinta edição do programa Uma Família Inglesa, no espaço da mala voadora, no Porto.