Bruno de Carvalho e todos os arguidos serão julgados por terrorismo em Alcochete

Tribunal do Barreiro decidiu levar a julgamento os 44 arguidos acusados pelo Ministério Público no processo do ataque à Academia do Sporting.

,Sporting CP
Foto
Daniel Rocha

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho vai ser julgado por ter sido o autor moral do ataque à academia do clube em Alcochete. O juiz de instrução criminal Carlos Delca decidiu imputar-lhe os 97 crimes de terrorismo, 40 de ameaça agravada, 19 de ofensa à integridade física qualificada, 38 de sequestro e um de detenção de arma proibida de que o acusou o Ministério Público (MP).