Fugas

O céu de chapéus-de-chuva que faz Águeda brilhar no Verão

Chovem chapéus-de-chuva em Águeda. Um projecto de artes, cores e sombras que dá fama mundial à cidade. Este ano é assim que estão as ruas.

Umbrella Sky Project
Fotogaleria
Umbrella Sky Project

O Umbrella Sky voltou a Águeda e está assim como aqui se vê: a explodir em cores e padrões, e, claro, a dar arte e sombra a ruas da Baixa desta cidade do distrito de Aveiro. São mais de três mil chapéus em pose artística, complementados por intervenções criativas em bancos de jardim, escadarias, postes ou paredes.

Já não é novidade – o projecto começou em 2012 –, mas, ainda assim, continua a impressionar. E a atrair muita gente: o aumento do turismo e a romaria fotográfica, com grande impacto no Instagram e redes sociais, traz sempre fama acrescida a Águeda. 

Uma das mais recentes distinções foi dada pela revista Architectural Digest que colocou as ruas-chapéus-de-chuva da cidade entre as ruas mais bonitas do mundo. 

A iniciativa foi criada por Patrícia Cunha para a SextaFeira Produções, que hoje em dia assume o nome mais internacional Impact Plan, até porque entretanto também se internacionalizaou, levando projectos similares a várias partes do mundo, entre a Espanha, França, EUA, Japão ou Bahrain.

O projecto integra o programa de animação estival AgitÁgueda, que arrancou no ínicio do mês. No festival há concertos, intervenções artísticas, dança, pintura, exposições, circo, estátuas vivas, paradas, feira do livro, pista de gelo e muito mais até ao dia 28 de Julho.

Já o céu de chapéus-de-chuva pode ser admirado até ao final de Setembro. 

Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Umbrella Sky Project
Sugerir correcção