Fotogaleria
Andreia Carvalho
Fotogaleria
Andreia Carvalho
Fotogaleria
Andreia Carvalho
Fotogaleria
Andreia Carvalho
Fotogaleria
Andreia Carvalho
Fotogaleria
Andreia Carvalho
Fotogaleria
Andreia Carvalho
Reportagem

Destilaria ilegal ou mão criminosa: Judiciária investiga causa do incêndio em Sacavém

Ficaram desalojadas 37 pessoas. No bairro ilegal, junto à quinta do Mocho, viviam 29 famílias. Há três noites que dormem nas instalações dos Bombeiros Voluntários. Presidente da Câmara de Loures exige que o Governo assuma responsabilidades.

As causas do incêndio no bairro ilegal, que cresceu nas instalações do antigo paiol do Exército, junto à quinta do Mocho, em Sacavém, concelho Loures, ontem, ao fim do dia, ainda eram desconhecidas. Há dúvidas, por isso a Policia Judiciária (PJ), que foi imediatamente chamada ao local, está a investigar.