Incêndio em Loures deixou 37 pessoas desalojadas

Chamas consumiram mato e barracões na Quinta do Mocho, na zona de Sacavém, Loures.

Foto
Rui Gaudêncio (imagem de arquivo)

O incêndio que deflagrou na tarde de domingo numa zona de mato, barracões e habitações precárias na Quinta do Mocho, em Sacavém, concelho de Loures, deixou 14 famílias desalojadas, num total de 37 pessoas. A informação foi dada ao PÚBLICO por fonte da Câmara Municipal de Loures.

Inicialmente, 29 agregados familiares, num total de 66 pessoas, tiveram de deixar as suas casas e pernoitar no quartel dos bombeiros de Sacavém. Contudo, cerca de metade poderá regressar às suas habitações. Esta terça-feira, a câmara de Loures avaliará soluções para as restantes. 

O incêndio, que foi reportado às 17h20 e foi controlado pelos bombeiros cerca das 20h00 de domingo, mobilizou no seu combate 93 operacionais, apoiados por 31 veículos.

As chamas não causaram qualquer ferido. Contundo, nas redes sociais, alguns moradores da zona queixaram-se do cheiro tóxico do fumo.