Crónica de jogo

Benfica não vacila e confirma título com goleada

Santa Clara ainda deu alguma réplica, mas não travou a máquina goleadora “encarnada”, que igualou o recorde de 103 golos de 1963-64.

Seferovic abriu e encerrou a goleada benfiquista
Fotogaleria
Seferovic abriu e encerrou a goleada benfiquista LUSA/ANTONIO COTRIM
Bruno Lage encerrou a temporada com um registo notável na I Liga
Fotogaleria
Bruno Lage encerrou a temporada com um registo notável na I Liga LUSA/ANTÓNIO COTRIM
Os adeptos cedo começaram a festejar o 37.º título no Estádio da Luz
Fotogaleria
Os adeptos cedo começaram a festejar o 37.º título no Estádio da Luz LUSA/ANTÓNIO COTRIM
João Félix protagonizou um dos melhores momentos do encontro ao apontar o segundo golo
Fotogaleria
João Félix protagonizou um dos melhores momentos do encontro ao apontar o segundo golo LUSA/ANTÓNIO COTRIM
,Primeira Liga
Fotogaleria
Adeptos encheram a Luz para fazer a festa LUSA/ANTÓNIO COTRIM
,Estádio Sport Lisboa e Benfica
Fotogaleria
Equipa do Benfica chegou ao Estádio da Luz em clima de apoteose LUSA/JOSÉ SENA GOULÃO
Fotogaleria
Ao intervalo da partida da Luz, a equipa feminina comemorou a conquista da Taça de Portugal LUSA/ANTONIO COTRIM
Fotogaleria
Os 65 mil adeptos no Estádio da Luz foram incansáveis no apoio à equipa LUSA/JOSÉ SENA GOULÃO
,CD Santa Clara
Fotogaleria
João Félix agradece o apoio dos adeptos ao ser substituído por Jonas LUSA/JOSÉ SENA GOULÃO
,Primeira Liga
Fotogaleria
Jogadores do Benfica festejam em euforia o segundo golo LUSA/ANTÓNIO COTRIM
Fotogaleria
Jonas entrou na segunda parte procurou o golo sem sucesso LUSA/ANTÓNIO COTRIM
Fotogaleria
Seferovic festeja o título no final do encontro com o Santa Clara LUSA/ANTÓNIO COTRIM
,SL Benfica
Fotogaleria
Os adeptos benfiquistas começaram a fazer a festa ainda no exterior do estádio LUSA/JOSÉ SENA GOULÃO
Fotogaleria
Adeptos "encarnados" viveram o triunfo da sua equipa com grande emoção LUSA/ANTÓNIO COTRIM

Sem surpresas ou dramatismos, o Benfica conquistou o 37.º campeonato nacional do seu historial ao derrotar O Santa Clara por 4-1, apesar da boa réplica dos açorianos no repleto Estádio da Luz. A festa dos “encarnados” iniciou-se aos 16’ com um golo de Seferovic, que garantiu também o título de melhor marcador da I Liga.

No final da primeira parte do encontro, já todos os caminhos iam dar ao Marquês de Pombal, no centro de Lisboa, onde as comemorações se prolongaram pela noite fora. Com uma eficácia estonteante, os lisboetas apontaram três golos nos primeiros 45’, deixando o adversário açoriano sem argumentos para contrariar o inevitável.

Depois do golo inaugural de Seferovic, foram precisos apenas mais sete minutos para os homens da casa dilatarem a vantagem. Foi o momento da mais jovem jóia da coroa benfiquista brilhar e levar os 65 mil espectadores ao delírio. João Félix (quem mais) transformou em 2-0 uma iniciativa de Rafa Silva, tirando um adversário da frente e rematando com o pé direito para as redes. Saiu debaixo de uma enorme ovação aos 69’ para dar o lugar ao veterano Jonas.

Seferovic bisou

Se dúvidas restassem sobre o novo campeão nacional, estavam desfeitas. E mais ficaram quando, aos 39’, o próprio Rafa assinou o terceiro. Pelo meio, o Santa Clara foi tentando levantar-se, apesar dos “murros” certeiros que foram interrompendo alguns dos melhores momentos dos insulares na partida.

Na verdade, os açorianos até entraram melhor no jogo e foram os primeiros a criar perigo junto da baliza de Vlachodimos, aos 13’. Bem organizados e com um futebol apoiado, os visitantes jogavam ao primeiro toque e conseguiram manter o Benfica distante das suas redes nos primeiros 15’.

Os homens de São Miguel reagiram aos dois primeiros golos, voltando a levar perigo à área “encarnada” através de lances de bola parada, um dos pontos fortes da equipa dirigida por João Henriques. Mas ainda antes do terceiro, já os lisboetas controlavam os acontecimentos ao seu bel-prazer.

O segundo tempo foi praticamente uma formalidade e para se fazer história nas estatísticas benfiquistas. O Santa Clara voltou a acordar, mas o cenário repetiu-se: à primeira oportunidade, os “encarnados” chegaram ao quarto, com Seferovic a bisar, após um cruzamento bem medido de Grimaldo, na esquerda. Com 23 golos, o suíço rendeu Jonas como melhor artilheiro da principal competição portuguesa.

Mais de 100 golos

O golo de Seferovic serviu também para o Benfica encerrar a época com um total de 103 golos, igualando o melhor registo atacante de sempre da equipa no campeonato. Este persistia inabalável desde 1963-64, quando Eusébio conquistou a sua primeira Bola de Prata (28 golos). Apesar de tudo, há 55 anos, o conjunto da Luz alcançou esta cifra em apenas 26 partidas, contra as 34 actuais.

De parabéns está ainda o treinador Bruno Lage, que rendeu Rui Vitória em Janeiro deste ano, quando os “encarnados” estavam com sete pontos de desvantagem para o então líder FC Porto. Desde então, o jovem técnico, de 43 anos, partiu para uma série invicta no campeonato, com 18 triunfos e apenas um empate. Um feito notável logo no ano de estreia como treinador principal.

O Benfica somou o quinto título em seis temporadas, abrindo o palco para os seus principais adversários discutirem, dentro de uma semana, o último troféu que sobra em 2018-19: a final da Taça de Portugal, no Estádio Nacional.