SEF deteve três crianças no aeroporto, ministro pede investigação

Menores acompanhados pela mãe ficaram impedidos de sair de centro. Gabinete do ministro da Administração Interna já pediu esclarecimentos ao SEF e inquérito à IGAI. Convenções dizem que as crianças nos postos de fronteira “devem ser imediatamente libertadas e encaminhadas para soluções de acolhimento idóneas” com as suas famílias.

,Lisboa
Fotogaleria
A sala de convívio do Centro Instalação Temporária Ricardo Mussa
Nações Unidas
Fotogaleria
Ricardo Mussa
Fotogaleria
Ricardo Mussa

É contra as convenções internacionais e contra uma directiva do próprio Ministério da Administração Interna (MAI), mas três crianças brasileiras – uma menina de 13 anos, outra de dez e um menino de sete –, ficaram detidos recentemente por um período superior ao previsto nas regras no Centro de Instalação Temporária (CIT) do aeroporto de Lisboa.