Torne-se perito

Vandalismo continua pela terceira noite: autocarro e carro da PSP atacados

A PSP procedeu à detenção "de um menor de 16 anos" e "à identificação de dois menores de 13 e 14 anos".

Fotogaleria
LUSA/RUI MINDERICO/LUSA
Fotogaleria
LUSA/RUI MINDERICO/LUSA
Fotogaleria
LUSA/RUI MINDERICO/LUSA

É a terceira noite de distúrbios: na madrugada desta quinta-feira voltaram a arder alguns caixotes do lixo e um autocarro da TST – Transportes Sul do Tejo em Setúbal, confirmou o PÚBLICO junto de fonte da PSP. Em Loures, um veículo da PSP foi apedrejado.

“Tivemos comunicação pelas 2h35 com a informação de um autocarro a arder”, avançou a mesma fonte. “Aparentemente não terá sido um acidente”, uma vez que o autocarro estava estacionado, mas o caso será investigado para se apurarem as razões. O autocarro ardeu na Avenida Bento Jesus Caraça, em Setúbal.

A PSP procedeu à detenção "de um menor de 16 anos" e "à identificação de dois menores de 13 e 14 anos - os quais foram aos entregues aos progenitores -, na sequência do registo de várias ocorrências de incêndio, presumivelmente de origem criminosa em caixotes do lixo e ecopontos, em vários concelhos do distrito de Lisboa e Setúbal", esclarece a polícia em comunicado. 

Em Loures, a PSP foi chamada devido a um "incêndio num caixote do lixo" e o carro da polícia foi recebido com pedras e "um dispositivo incendiário", indica o mesmo comunicado. Não há feridos, mas o capô do carro e o vidro pára-brisas ficaram danificados. 

"A Polícia de Segurança Pública está a investigar as ocorrências de índole criminal", acrescenta o comunicado.

De acordo com a agência Lusa, terão sido incendiados 30 caixotes do lixo em toda a área do Comando Metropolitano de Lisboa (COMETLIS), com especial incidência no concelho de Sintra, revelou a PSP. A Lusa escreve ainda que foram detidas três pessoas, mas que a polícia ainda está a investigar se estão ou não relacionadas com o incidente do autocarro. 

Também na madrugada de terça-feira, a esquadra da PSP no bairro da Bela Vista foi atingida por cocktails molotov e na Póvoa de Santo Adrião e Odivelas, distrito de Lisboa, foram incendiados caixotes do lixo e viaturas com os mesmos engenhos explosivos.

Na quarta-feira contabilizaram-se 24 caixotes do lixo queimados na Grande Lisboa e em Setúbal e ainda uma viatura queimada no bairro da Bela Vista. 

Na sequência destes incidentes, a PSP reforçou o policiamento na Bela Vista, em Setúbal, algumas zonas dos concelhos de Loures, Odivelas e Sintra (distrito de Lisboa).