DR
Foto
DR

Uma conta de Instagram para espreitar designers portugueses (e sair inspirado)

Há uma nova conta no Instagram a querer mostrar o que os designers gráficos andam a fazer. The Portuguese Design tem como curador um designer de 29 anos de Arcos de Valdevez.

“Designers portugueses, dispersem-se!”, atirava a plataforma Dizer Demografia, em 2013. Designers portugueses, unam-se, incentivava, por outro lado, o site Design Português, criado durante o Ano do Design Português, em 2014. Agora, Rui Pedro Aguiam, o designer por detrás da conta de Instagram The Portuguese Design, vem convidar ainda a outra coisa: designers portugueses, mostrem-se.

Apesar dos vários slogans, os três projectos surgiram para dar resposta às mesmas três perguntas: quem são, onde estão e o que fazem os designers portugueses? Mas, ao contrário dos antecessores, o projecto criado mais recentemente pelo jovem minhoto não pretende traçar um mapa do território dos designers portugueses. Quer, antes, criar um espaço de inspiração e curadoria de (e para) designers portugueses — numa primeira fase com enfoque na vertente do desenho gráfico e da tipografia. “Quero juntar uma comunidade para mostrar o que melhor se faz cá a todo o mundo”, apresenta-se o designer autodidacta de 29 anos. 

Designer gráfico há 11 anos, Aguiam trabalha a partir de Arcos de Valdevez, Viana do Castelo, na criação de identidades de marcas e logótipos “da cidade e de fora”. “E não sei se é por estar numa zona mais afastada dos grandes pólos, mas não vejo que haja uma comunidade dentro da profissão.”

Segundo dados da Associação Portuguesa de Designers avançados ao P3, estima-se que existam actualmente em Portugal entre 24 a 25 mil designers licenciados. Há, no entanto, "muito pouca informação" sobre estes profissionais, incluindo quantos estão desempregados ou quantos emigraram, lamenta Nuno Sá Leal, professor e presidente da associação que tenta há vários anos criar uma Ordem de Designers.

Para mostrar o que todos andam a fazer, Rui Pedro desafia os colegas a usarem a hashtag #theptdesign na próxima vez que partilharem projectos (e trabalhos académicos) no Instagram. Assim, os trabalhos de ateliers, estudantes e freelancers caem no radar do curador da página e podem ser destacados na conta que, até agora, juntou cerca de 600 seguidores.