João Lourenço “chegou e a chuva parou”

O Presidente de Angola foi recebido com honras de Estado por Marcelo Rebelo de Sousa.

Rui Gaudêncio
Fotogaleria
Rui Gaudêncio

A visita oficial começou pelas 11h, com a chegada de João Lourenço à Praça do Império, em Lisboa. Se antes chovera copiosamente, cinco minutos antes de ser recebido pelo presidente português as nuvens deram tréguas. “Chegou e a chuva parou”, cumprimentou Marcelo Rebelo de Sousa com um sorriso, automaticamente devolvido pelo seu homólogo. Após os hinos dos dois países, a revista à guarda de honra e desfile militar, João Lourenço entrou nos Mosteiro dos Jerónimos para depositar uma coroa de flores no túmulo de Luís de Camões. Depois, seguiu-se uma visita guiada à zona do claustro, acompanhado pelo prior e pela directora do museu, Isabel Cruz Almeida.

De Belém, João Lourenço segue para o Parlamento, no âmbito da visita oficial de três dias que terminará no Sábado. O programa inclui uma passagem pelo Porto, na sexta-feira, onde se irá reunir com o primeiro-ministro, António Costa, com a assinatura de acordos, e irá encerrar o seminário empresarial Portugal-Angola. 

Rui Gaudêncio
Rui Gaudêncio
Rui Gaudêncio
Rui Gaudêncio
Rui Gaudêncio
Daniel Rocha
Daniel Rocha
Daniel Rocha
Daniel Rocha
Daniel Rocha
Rui Gaudêncio
Rui Gaudêncio
Rui Gaudêncio
Rui Gaudêncio
Rui Gaudêncio
Rui Gaudêncio
Rui Gaudêncio
Rui Gaudêncio
Rui Gaudêncio
Sugerir correcção