Empresa de carsharing de carros eléctricos chega a Lisboa

O novo serviço de mobilidade partilhada criará postos de carregamento de veículos na cidade de Lisboa e terá uma equipa encarregue de carregar os veículos que estejam com menos de 20% de carga.

Foto
DR

Em Abril chega a Lisboa o emov, um novo serviço de carsharing espanhol que se destacará da restante oferta no mercado português por apresentar uma frota constituída apenas por carros eléctricos.

Em comunicado, a empresa dá conta que, numa fase inicial, o sistema de mobilidade sustentável colocará à disposição dos lisboetas 150 veículos Citroën C-Zero, um modelo de quatro lugares projectado para deslocações com zero emissões e ideal para uma condução citadina, devido às suas dimensões compactas. A frota estará acessível em regime free floating, ou seja, qualquer utilizador pode aceder aos veículos emov estacionados nas ruas de Lisboa através do seu smartphone.

Os utilizadores poderão deixar a viatura estacionada em qualquer um dos espaços de estacionamento regulados que se encontram dentro do perímetro de utilização do serviço, o qual ainda não foi divulgado embora já se saiba que no aeroporto haverá um local para estas viaturas.

A emov é uma empresa espanhola nascida da aliança entre a Eysa e a Free2Move, a nova marca de serviços de mobilidade do Groupe PSA, e lançou o seu primeiro serviço de carsharing com modalidade freefloating em Madrid, tendo actualmente mais de 160 mil utilizadores. Em 2017 a empresa tornou-se na empresa de carsharing com maior crescimento na Europa.

Jorge Magalhães, director da comunicação e relações externas do Groupe PSA, informou o PÚBLICO que uma vez que se tratam de veículos eléctricos, a empresa encarregar-se-á de colocar postos de carregamento próprios espalhados pela cidade e terá ainda uma equipa cuja função será monitorizar a bateria dos automóveis.

"A ideia é que todos os veículos que tenham a carga inferior a 20% deixem de aparecer na app e que a nossa equipa os recolha e coloque a carregar para que todos se encontrem com carga óptima para utilização", informa o director.

A app já está disponível em iOS e Android mas apenas com informação sobre o mercado espanhol. Permite a reserva de uma viatura com uma antecedência de 20 minutos. O processo de registo de novos utilizadores pode ser feito no site ou através da aplicação.

A tarifa do serviço não foi revelada pois será anunciada no lançamento oficial do serviço. Jorge Magalhães diz ainda que nos primeiros meses vigorará uma tarifa especial.

Em Lisboa, o serviço de carsharing vem-se juntar a outros já existentes como é o caso do DriveNow (que também disponibiliza veículos eléctricos) e o Citydrive.

Texto editado por Ana Fernandes