Cerâmica artística de vários pontos do mundo mostrada em Aveiro

Bienal internacional arranca este sábado e prolonga-se até 4 de Dezembro, propondo várias iniciativas, para além das exposições

O Serviço Educativo do Museu da Vista Alegre irá promover, de 11 a 25 de Novembro, a Oficina “Do desenho à pintura – Inspirações Vista Alegre”
Foto
O Serviço Educativo do Museu da Vista Alegre irá promover, de 11 a 25 de Novembro, a Oficina “Do desenho à pintura – Inspirações Vista Alegre” Nelson Garrido

A partir deste sábado e até ao início de Dezembro (mais concretamente até dia 4), a cerâmica artística estará em destaque nos vários museus da cidade de Aveiro. Aquela que é já a 13.ª edição da Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro apresentará ao público um total de 90 obras, oriundas de vários pontos do mundo e assinadas por dezenas de artistas – que se submeteram a concurso para a edição deste ano – e aposta num programa mais abrangente. Além da exibição destas 90 peças que foram seleccionadas pelo júri da bienal – mostra que estará patente no Museu de Aveiro - Santa Joana , o cartaz aposta, ainda, em exposições, instalações, workshops e ateliers, programas para famílias, conferências e visitas guiadas.

No Museu Arte Nova, por exemplo, irá ser apresentada a exposição “Deambulações” da artista convidada e vencedora da edição de 2017 do Concurso Internacional de Cerâmica de Alcora, Sofia Beça - a escultura cerâmica contará com a colaboração sonora de Jorge Queijo. Já no Museu da Cidade estará a exposição “ID Pool – Residências Artísticas Vista Alegre” que apresentará os trabalhos produzidos nas residências artísticas que tiveram lugar na Vista Alegre. Outra das várias exposições previstas, terá como palco a Antiga Capitania do Porto de Aveiro e apresenta “as obras originais e múltiplos, mais significativas, de muitos dos artistas que ao longo do tempo trabalharam na Oficina de Cerâmica Cooperativa Árvore”, com curadoria de Laura Soutinho e José Emídio, anunciou a organização.

O programa desta 13.ª bienal, que é inaugurada este sábado, pelas 16.30 horas, é extenso e propõe actividades para vários dias deste mês, de Novembro e início de Dezembro, entre as quais se destacam as acções para a infância e famílias. É o caso do atelier “Modelação com pastas cerâmicas: técnicas básicas”, que irá decorrer no Museu da Cidade nos dias 2, 7, 9, 14, 16, 21, 23 e 28 de Novembro (sempre às 10h00). Também o Serviço Educativo do Museu da Vista Alegre irá promover, de 11 a 25 de Novembro, a Oficina “Do desenho à pintura – Inspirações Vista Alegre”, para dar a conhecer alguns dos princípios do desenvolvimento de uma decoração em porcelana.

Outras apostas fortes do programa passam pelas visitas guiadas às fábricas de cerâmica parceiras da Sociedade Portuguesa de Cerâmica e do Vidro, bem como pelas instalações artísticas que irão estar em exposição na cidade, entre as quais se inclui a obra do ceramista e escultor João Carqueijeiro. Poderá ser apreciada no Jardim do Museu de Aveiro - Santa Joana e é composta por uma série de esculturas que se assumem sob a forma de “Encontros Improváveis”.

Na área das conferências e debates, estão previstos o Seminário Novas Tecnologias de Decoração na Indústria Cerâmica – agendado para 8 de Novembro, no Centro de Congressos, e realizado pela Sociedade Portuguesa da Cerâmica e do Vidro -, e as conversas com investigadores no Departamento de Engenharia de Materiais e Cerâmica da Universidade de Aveiro (UA) - hoje, e dias 11 e 25 de Novembro.