Compra de casa por Fernando Medina está a ser investigada pelo Ministério Público

Investigação foi aberta na sequência de uma denúncia anónima.

Foto
Medina comprou um duplex nas Avenidas Novas em 2016 Rui Gaudêncio

O Ministério Público está a investigar a compra pelo presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, de um apartamento nas Avenidas Novas que era propriedade de uma das herdeiras do grupo Teixeira Duarte. A informação, avançada pelo jornal i na edição desta quarta-feira, foi confirmada ao PÚBLICO pelo gabinete de imprensa da Procuradoria-Geral da República (PGR).

A investigação, que está a cargo do Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa, resultou de uma “denúncia anónima” recebida pela PGR no final de Agosto, acrescentou a mesma fonte.

Fernando Medina comprou o apartamento em 2016. Conforme o PÚBLICO revelou nesta quarta-feira, o presidente da Câmara de Lisboa adquiriu um duplex T4 por 645 mil euros, sendo que os preços pedidos por apartamentos do género nas Avenidas Novas rondam um milhão de euros. O autarca tem outra leitura, sublinhando que o preço que pagou está muito acima dos preços de mercado.

A antiga proprietária e vendedora desta casa tinha pago por ela, em 2006, 843 mil euros. Medina indicou que a vendedora, Isabel Maria Teixeira Duarte, pôs o duplex à venda, através de uma agência, por 643 mil euros, tendo ele oferecido mais 10 mil euros porque havia outros interessados.