O poder do subconsciente em exposição na Shiki Miki

Nas últimas semanas, as artistas dinamarquesas Karla Marie Bentzen e Thilde Louise Dalager estiveram em residência artística na nova galeria lisboeta. Esta quarta-feira mostram o resultado dessa colaboração.

Fotogaleria
Obra de Thilde Louise Dalager
Fotogaleria
Obra de Karla Marie Bentzen

Durante as últimas semanas, as artistas dinamarquesas Karla Marie Bentzen e Thilde Louise Dalager estiveram em residência artística na nova galeria lisboeta Shiki Miki, inaugurando esta quarta-feira, 22 Março, o resultado dessa colaboração, na exposição de obras inéditas Lick My Legs.

As duas artistas, afastadas dos seus estúdios e das práticas habituais, foram desafiadas a trabalhar em conjunto, acabando por criar uma atmosfera de sonho e introspecção composta de pinturas, esculturas e murais, naquilo que, segundo as próprias, pretende ser uma celebração da emoção e do “poder infinito do subconsciente”. Partindo do desejo de quebrar as expectativas patriarcais do que é a feminilidade e a sexualidade, procura-se explorar a desordem e a alegria do anormal.

Karla Marie Bentzen tem vivido e trabalhado em Berlim nos últimos sete anos, fazendo-o predominantemente nos campos da ilustração e da pintura, explorando com emoção e humor as nuances das relações interpessoais, a identidade, a auto-imagem ou a intimidade. Por sua vez Thilde Louise Dalager reside em Copenhaga, operando com diversos meios e disciplinas. A sua obra revela uma abordagem expressiva da cor e da forma, tanto em filmes e animação como em pinturas, impressão de madeira ou colagem, optando tematicamente pelos opostos, como o confronto do desejo e a restrição ou o conflito entre corpo e mente.

A Shiki Miki, situada em Lisboa, na rua do Conde, às Janelas Verdes, a dois passos do Museu Nacional de Arte Antiga, é uma nova galeria de arte contemporânea inaugurada em Novembro do ano passado, contemplando exposições, residências, workshops ou conferências, estendendo o seu campo de acção das artes visuais às performativas e apostando em artistas que habitualmente não operam no quadro das galerias mais proeminentes e dos museus. A sua primeira exposição foi The Holy Package, que mostrou o trabalho dos portugueses Bassanti e Binau.

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações