Ondjaki vence prémio Littérature-Monde

O escritor angolano ganhou na categoria de literatura não francesa com o romance Os Transparentes.

Foto
O escritor angolano Ondjaki já tinha recebido o Prémio José Saramago 2013 pelo mesmo livro Enric Vives-Rubio

O escritor angolano Ondjaki venceu o prémio Littérature-Monde 2016, na categoria de literatura não francesa, com o livro Os Transparentes, publicado em Portugal, pela Caminho, em 2012, e editado em França em 2015 pelas Éditions Métailié. E que em 2013 recebeu o Prémio José Saramago

Entre as obras candidatas de literatura em língua francesa, o prémio, atribuído desde 2014 pela associação Étonnants Voyageurs e pela Agence Française de Développement, foi para L’Ombre Animale, que o haitiano Makenzy Orcel publicou já este ano.

Onjaki e Orcelk receberão os respectivos prémios, cada um deles no valor de três mil euros, no próximo sábado em Saint-Malo, na Bretanha francesa, na abertura da 27.ª edição do festival literário Étonnants Voyageurs, promovido pela associação homónima.

O júri foi composto pelos escritores Paule Constant, Ananda Devi, Nancy Huston, Dany Laferrière, Michel Le Bris, Atiq Rahimi, Jean Rouaud et Boualem Sansal.

No ano passado, os vencedores nas duas categorias do prémio Littérature-Monde foram a francesa Simone Schwarz-Bart, com L'Ancêtre en Solitude, e o norte-americano Philip Meyer, pelo romance O Filho (2013), com edição portuguesa da Bertrand.