Vídeo: Vida Independente

O que é isso de vida independente?

Eduardo Jorge teve um acidente de carro em 1991. Uma lesão medular deixou-o tetraplégico. Tinha 28 anos.

Esteve 10 anos numa cama. Conseguiu reconquistar o movimento de mãos e braços. A internet abriu-lhe o mundo. Começou a saber que direitos tinha e a lutar por eles. Licenciou-se em Ciências Sociais e tornou-se um activista por uma lei de vida independente em Portugal. Fez greve de fome, percorreu 180 km em cadeira de rodas, da Concavada, em Abrantes, até Lisboa.

O Estado atribuiu-lhe uma cuidadora 8 horas por dia. Mas à noite, fins-de-semana e feriados, Eduardo pagava do seu bolso a outra pessoa para cuidar dele. Com a saúde fragilizada e sem respostas do Estado, desistiu de viver sozinho.