Bruno de Carvalho mantém tabu Marco Silva

Sporting foi homenageado na CM Lisboa com centenas de adeptos no exterior a festejar a conquista da Taça de Portugal.

Marco Silva conquistou a Taça de Portugal, mas o seu futuro no Sporting continua a ser uma incógnita
Foto
Marco Silva conquistou a Taça de Portugal, mas o seu futuro no Sporting continua a ser uma incógnita Daniel Rocha/PÚBLICO

Bruno de Carvalho quer que a conquista da Taça de Portugal seja o ponto de partida de novos sucessos nas próximas temporadas, mas continua sem esclarecer se o futuro imediato será com Marco Silva à frente da equipa técnica. Em dia de homenagem aos “leões” na Câmara Municipal de Lisboa (CML), o presidente do clube de Alvalade voltou a alimentar o tabu sobre a permanência do treinador, que tem mais três anos de contrato: “Na altura certa e no momento certo vão saber”.

“Foi isto que nós viemos fazer para o Sporting, trazer rigor, competência e títulos”, afirmou o líder “leonino” à saída da cerimónia protocolar na autarquia da capital, ao final da tarde desta segunda-feira, onde o plantel, corpo técnico e dirigentes foram recebidos pelo presidente da autarquia da capital, Fernando Medina. No exterior, centenas de adeptos festejavam a 16.ª Taça de Portugal do historial sportinguista, alcançada na véspera de forma emocionante frente ao Sp. Braga, com o conjunto lisboeta a dar a volta a uma desvantagem de 2-0 e a vencer no desempate pelas grandes penalidades.

“O Sporting venceu uma final memorável, o Sporting soube levantar-se do chão e a vontade do colectivo falou mais alto. Em 75 edições ninguém venceu a Taça de Portugal depois de ter estado a perder 2-0, é obra!”, enalteceu o presidente da CML. Bruno de Carvalho concordou e elogiou também os seus jogadores: “Eles souberam acreditar e lutar até ao fim e demonstrar que, também dentro do campo de futebol, os profetas da descrença nada conseguem fazer face a uma equipa que trabalha, que é humilde e que se entrega.”

Mais a norte, o desfecho algo inesperado da final da Taça de Portugal continua a ser mal digerido pelo presidente do Sp. Braga, que deixou críticas à equipa minhota. “Na maior parte das vezes, a surpresa é fruto da incompetência e admito que não fomos suficientemente competentes para guardar tudo o que tínhamos sabido construir”, lamentou António Salvador numa mensagem publicada no site oficial do clube.