As fumaradas da máquina Cais Sodré Funk Connection

Os Cais Sodré Funk Connection são uma turbina musical lisboeta com nove motores de alta rotação a lançar fumaradas eufóricas para gáudio de quem os vê ao vivo, ou dança sob o braseiro desta maquinaria libertadora. Calibrados na exaltação jazz de Nova Orleães e com as aceleradas rotações rítmicas do funk bem oleadas nos clássicos de 60 e 70, lançam agora o primeiro single do segundo álbum de originais, “Soul, Sweat & Cut the Crap”, que sairá digitalmente em junho. Dizer um single hoje em dia é sinónimo de um videoclipe, assim este “Offbeat” é um bom manual ilustrado dos mecanismos psicológicos que este som opera. Porque nas nossas empoeiradas salas de máquinas cerebrais podem sempre haver devaneios aleatórios de cores, desejos, medos, erotismos e bestialidades, quando fomentados por uma música com algo de carnavalesco e feitiçaria. No fundo, a forma como o realizador Richard F. Coelho encontrou para criar um universo surreal de seres representativos desses efeitos, que, apesar de alguma estranheza, acabam por contagiar pelo júbilo e comicidade das cenas. O que é um bom sinal para a circulação destes conteúdos nessa outra enorme turbina que é a Internet.

Sugerir correcção