Lixo electrónico vai ser ilegal a partir de 2015

Esta iniciativa visa prevenir a poluição electrónica que prevaleceu nos EUA no ano de 2012

Na “cidade que nunca dorme”, a partir do próximo ano, passará a ser ilegal deitar no lixo qualquer tipo de dispositivo electrónico no lixo comum, incluindo dispositivos móveis.

De acordo com o Treehugger, em 2012 os EUA geraram mais lixo electrónico por habitante do que qualquer outro país do mundo. Esta nova iniciativa preventiva incidirá sobre TVs, videocassetes, computadores, tablets, consolas de jogos, etc. A partir do mês de Janeiro de 2015, os nova-iorquinos terão ao seu dispor várias opções para reciclagem destes tipos de produtos.

Haverá superfícies comerciais (entre as quais a Staples e a Best Buy) que terão pontos de recolha destes objectos. No caso de electrodomésticos e dispositivos electrónicos que estejam “velhos”, estes poderão ser doados ou vendidos através do NYC Stuff Exchange.

“Colocar estes objectos no lixo é o mesmo que dizer que o seu destino é acabar numa lixeira, onde, sob a acção do tempo, acabam por libertar produtos químicos nefastos para o ambiente, animais, plantas e humanos. Adicionalmente, muitas partes metálicas destes equipamentos podem ser recicladas, o que permite reduzir o impacto destes objectos no meio-ambiente", escreve o GreenSavers relativamente a esta questão.