Blood Sport: se sangras no jogo, sangras na vida real

Dois jovens canadianos, denominados “Brand & Grotesque”, apresentaram uma iniciativa que visa promover a doação de sangue através de videojogos

Blood Sport é o nome dado à iniciativa desenvolvida por Taran Chadha e Jamie Umpherson, conhecidos como “Brand & Grotesque”. Trata-se de um sistema no qual quando és atingido no jogo perdes um pouco de sangue o que traz um certo realismo à experiência de vidojogos. Quando tu perdes sangue, alguém ganha sangue.

O sistema recorre ao "rumble pack" de uma consola, um elemento que emite um pequeno sinal eléctrico na forma de um pequena vibração em certas circunstâncias durante um determinado jogo, nomeadamente quando a personagem se magoa. Através de uma plataforma Arduino, o "rumble pack" ficará ligado à máquina que recolhe sangue do teu corpo. 

Esta plataforma também controlará a quantidade de sangue que será tirada do corpo por forma a evitar desmaios ou demasiada perda de sangue. A máquina utilizada para tirar sangue é a mesma que é utilizada em bancos de dádiva de sangue. Os jogadores interessados estarão a ser acompanhados por um profissional como medida de precaução. Além disso, quem participar no Blood Sport deverá ainda, antes do jogo, submeter a sua idade, peso e quaisquer problemas de saúde existentes.

PÚBLICO -
Foto
O sangue que os jogadores vão perdendo será guardado em sacos própriosKickstarter

Jogar e doar sangue

PÚBLICO -
Foto
A experiência de jogar Blood Sport é a mesma que a de dar sangueKickstarter

Este sistema será compatível com todas as consolas que tenham um 2rumble pack". A iniciativa no Kickstarter tem o objectivo de fundos de 250 mil dólares canadianos até 3 de Janeiro de 2015, tendo, até ao momento, conseguido cerca de 3400 dólares.

O objectivo da iniciativa passa pela criação de eventos que misturem videojogos com doação de sangue. “Nós não somos uma instituição de caridade e não somos fabricantes de jogos. Estamos simplesmente a criar o hardware de jogos que nos permitirá ajudar os jogadores a reflectir sobre questões mais importantes, enquanto fazem aquilo de que gostam. A partir daí, vamos tratar de criar parcerias com as organizações apropriadas, tanto de jogos como de comunidades médicas, por forma a tornar isso possível”, pode-se ler na descrição do projecto no Kickstarter.

“Brand & Grotesque” já tinham criado anteriormente projectos relacionados com jogos entre os quais Shoot The Banker, Surrogaid e Prank House. Ambos esperam pelo sucesso do projecto por forma a poder lançá-lo por volta da mesma altura de lançamento do jogo “Battlefield: Hardline”. Além disso ambos pretendem que o Blood Sport seja experimentado por celebridades e outros gamers conhecidos na Internet.

Sugerir correcção