Prémio de 190 milhões do Euromilhões já foi reclamado

Santa Casa da Misericórdia revela que já efectuou o pagamento.

Nem primeiro, nem segundo, nem terceiro prémios em Portugal
Foto
Nem primeiro, nem segundo, nem terceiro prémios em Portugal Enric Vives-Rubio

O Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa informou nesta sexta-feira que o primeiro prémio no valor de 190 milhões do Euromilhões da passada sexta-feira “já foi reclamado por um cidadão/cidadã português”.

A Santa Casa diz ainda que “foram prosseguidas e concluídas todas as formalidades para o pagamento do referido prémio”.

O Departamento de Jogos não indicou quando é que o prémio foi reclamado, mas o PÚBLICO apurou que a estrutura da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) foi informada também esta sexta-feira de que, afinal, o vencedor do prémio já se tinha identificado. É a 53.ª vez que um português ganha o primeiro prémio do Euromilhões.

Em Janeiro de 2015, o apostador vencedor perderia o direito a reclamar o prémio. A lei prevê que passados 90 dias caduca a possibilidade de reclamar o montante ganho, sendo que o mesmo reverte depois para a SCML.

Na Tabacaria Sobedis, em Castelo Branco, onde o boletim foi registado, foi através da televisão que souberam que o vencedor do prémio já tinha aparecido. “Vimos há pouco a notícia na televisão. Tem sido uma loucura desde que se soube que o prémio de 190 milhões foi registado aqui. O negócio corre melhor e o número de pessoas que cá vêm apostar no Euromilhões aumentou. Só esta manhã já vieram cá centenas de pessoas que acham que aqui vão ter mais sorte”, conta ao PÚBLICO José Manuel, que dá uma ajuda no estabelecimento à proprietária Graça Nunes, de quem é familiar.

A sorte tem realmente marcado a tabacaria, que continua a dar prémios. Ainda na quarta-feira, segundo José Manuel, um apostador "jogou dois euros na raspadinha e ganhou mil”.

Continua, porém, desconhecida a identidade do milionário vencedor no Euromilhões. “Aqui à tabacaria não veio. Quando são prémios grandes vão directos à Santa Casa da Misericórdia para se protegerem e serem discretos”, diz ainda José Manuel. 

jackpot iguala o maior prémio de sempre distribuído por este jogo, criado em Fevereiro de 2004. Em Agosto de 2012, um casal britânico arrecadou igual montante.

O apostador (ou o grupo de apostadores) não terá direito à totalidade dos 190 milhões. Isto porque em todos os prémios acima de 5000 euros o Estado retém 20%, pelo que neste caso ficará com 38 milhões. Os restantes 152 milhões são o prémio líquido efectivamente ganho pelo vencedor. A SCML apoia os apostadores vencedores através de um serviço gerido pelo Grupo de Apoio ao Alto Premiado. Um dos serviços consiste no apoio psicológico. 

A chave vencedora do concurso da última sexta-feira semana (85/2014) integra os números 3 - 9 - 20 - 30 - 42 e as estrelas 1 e 6.

Até ao início deste mês, os portugueses arrecadaram 4725 milhões de euros em prémios do Euromilhões.