EUA levam a cabo novos bombardeamentos contra Estado Islâmico no Iraque

Regime de Assad também ataca Raqa, bastião dos islamistas.

No Iraque, os EUA dizem ter destruído sete veículos dos jihadistas – quatro Humvees blindados, um veículo para o transporte de tropas e dois camiões, segundo o comando militar americano na região. O ataque, com caças e drones (aviões não tripulados) tiveram como objectivo “proteger Erbil”, a capital do Curdistão iraquiano.

Os EUA levaram a cabo 133 ataques aéreos no Iraque desde 8 de Agosto e querem estabelecer uma coligação internacional para aplacar o EI depois do grupo ter assassinado dois jornalistas norte-americanos e ameaçar matar um trabalhador humanitário britânico.  

Enquanto isso, na Síria, atraques aéreos sobra Raqa, um dos bastiões do EI, fizeram 35 mortos, estimando-se que entre eles haja tanto combatentes extremistas como civis. Os alvos foram um tribunal islâmico estabelecido pelos radicais, um campo de treino, e uma padaria.

Há algumas semanas que o regime leva a cabo raides aéreos sobre localidades controladas pelo EI, no Norte e Leste da Síria. Na terça-feira, ataques semelhantes mataram 16 pessoas, entre as quais dez crianças, segundo o Observatório dos Direitos Humanos, grupo ligado à oposição ao regime.