Para Marinho e Pinto, eleição para o Parlamento Europeu "é o resultado natural de um processo"

Devem ser retiradas ilações dos resultados, sublinha o candidato do MPT.

Foto
Marinho e Pinto foi eleito Miguel Manso

“É o resultado natural de um processo”, reagiu neste domingo Marinho e Pinto, cabeça de lista do Movimento Partido da Terra (MPT) às previsões que dão como certa a sua eleição para o Parlamento Europeu e, eventualmente, a de um segundo eurodeputado do MPT.

“Se conseguir [ser eleito] muito bem”, continuou o antigo Bastonário da Ordem dos Advogados. “Temos de criar condições para que a classe política e a democracia sejam redignificadas”, afirmou.

“O regime está pelas horas da amargura”, acrescentou Marinho e Pinto. “Espero que os que têm como  missão a análise política extraiam ilações”, disse o candidato do MPT.