Arquipélago das Berlengas distinguido pela UNESCO como Reserva Mundial da Biosfera

Foto
As ilhas das Berlengas receberam ontem mais uma distinção NELSON GARRIDO

Rede internacional conta já com 580 sítios espalhados por 14 países. Sete deles ficam em Portugal. A Austrália perdeu uma das suas reservas

O Arquipélago das Berlengas, em Peniche, e Santana, na Madeira, estão no grupo das 18 novas reservas mundiais da biosfera, oficialmente anunciadas ontem durante a reuniãodo conselho de coordenação internacional do programa O Homem e a Biosfera, da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), que hoje termina em Dresden, na Alemanha.

Portugal passa a ter sete pontos assinalados no mapa da Rede Internacional de Reservas da Biosfera (que conta já com 580 reservas espalhadas por 14 países): as duas adicionadas esta semana à lista juntam-se às ilhas do Corvo, Graciosa e das Flores, nos Açores, ao Paúl do Boquilobo, dividido entre os concelhos de Torres Novas e Golegã, e ao Gerês.

"Trata-se de um justo reconhecimento do enorme potencial e valor do património natural do arquipélago das Berlengas que, em simultâneo, aumenta as responsabilidades da quem usufrui deste território singular", lê-se num comunicado do gabinete do presidente da Câmara de Peniche, António José Correia.

A Reserva da Biosfera das Berlengas abrange, para além da Reserva Natural das Berlengas, a Península de Peniche e um corredor marítimo. Esta zona está também classificada como Sítio da Rede Natura 2000, como Zona de Protecção Especial para as Aves Selvagens e como Reserva Biogenética pelo Conselho da Europa.

A classificação de Santana, conhecida pelas suas casas de colmo, uma das imagens típicas da Madeira, já tinha sido noticiada pelo PÚBLICO na passada terça-feira. ""Santana, Madeira, biosfera" constitui, por si só, um factor promocional do nosso concelho e, simultaneamente, da nossa região, enquanto destino predominantemente turístico", lê-se na mensagem do presidente da câmara local, Rui Moisés, divulgada na segunda-feira. Esta é a primeira Reserva Mundial da Biosfera localizada neste arquipélago. Esta reserva abrange a Floresta Laurissilva da Madeira, Património Mundial Natural da UNESCO, e a fajã da Rocha do Navio, área de reserva marinha.

Também à Suécia foram atribuídas duas novas reservas. Por outro lado, foi retirada da lista da UNESCO a ilha Macquarie, na Austrália, que deixou de ser habitada por humanos - um critério que ajudara à sua classificação, em 1995.