Lisboa é 31.ªno ranking mundial do poder de compra

Numa lista de 73 cidades, a capital portuguesa ocupa o 41.º lugar no custo de vida mais elevado. Já a nível salarial, está acima do meio da tabela, na 33.ª posição

Está à frente de Atenas (Grécia), Roma (Itália) e Moscovo (Rússia), mas atrás de Madrid (Espanha), Paris (França) ou Londres (Inglaterra). Numa lista de 73 cidades mundiais, Lisboa ocupa o 31.º lugar norankingdo poder de compra. Porém, no que respeita ao custo de vida, a capital portuguesa está mais mal posicionada, em 41.º lugar.

Na compra de um cabaz com 122 produtos básicos, os lisboetas gastam menos do que os consumidores que vivem em Madrid, por exemplo.

A este nível, Lisboa soma 70 pontos, contra os 77,9 de Madrid. Mas quando comparada com Nova Iorque (Estados Unidos), Lisboa tem um custo de vida 30 por cento inferior. A cidade com o custo de vida mais alto é Oslo (Noruega), seguida por duas cidades suíças, Zurique e Genebra.

Estes são os resultados do estudo Preços e Remunerações, publicado pelo UBS a cada três anos. Este ano, o banco suíço fez uma actualização dos dados de 2009, tendo em conta os efeitos da inflação sobre o preço dos produtos do cabaz.

Segundo o estudo, as cidades com maior poder de compra são Zurique, Sydney (Austrália), Miami e Los Angeles (Estados Unidos). Piores do que Lisboa estão, por exemplo, Ate- nas, Hong Kong (China), Roma e São Paulo (Brasil). No último lugar da lista está Jacarta (Indonésia), com 12,4 pontos, menos 88 do que Nova Iorque.

Salário é o 33.º mais alto

Nos salários, Lisboa está ligeiramente acima do meio da tabela, também esta liderada por Zurique. A capital portuguesa ocupa o 33.º lugar, 58 pontos abaixo de Nova Iorque.

Na cauda da tabela estão cidades como Nairobi (Quénia), Jacarta, Manila (Filipinas) e Mumbai (Índia). Nestas cidades, os trabalhadores recebem salários menores em mais de 90 por cento do que os praticados em Nova Iorque.

Para calcular este indicador, os analistas tiveram em conta o salário, as contribuições para a segurança social e as horas de trabalho em 15 profissões diferentes.

A posição de Lisboa noranking do poder de compra nacional é bastante mais confortável, sendo a cidade com o melhor poder de compra do país.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), a região de Lisboa tem ainda mais cinco dos 15 concelhos com maior poder de compra: Oeiras (2.º), Cascais (4.º), Alcochete (5.º), Montijo (9.º) e Almada (15.º).

Dessa lista fazem parte também as cidades do Porto (3.º), São João da Madeira (12.º) e Matosinhos (13.º). Faro, Porto Santo, Coimbra, Funchal, Aveiro e Sines completam a tabela dos 15 municípios com mais poder de compra.

Para calcular o índice do poder de compra, o INE analisou factores como salários, contratos imobiliários e número de automóveis.

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações